Boas notas para a formação profissional alemã

O sistema de formação profissional da Alemanha recebe muitos elogios no estudo da OCDE sobre educação. Mas também há uma advertência. 

Gute Noten für die deutsche Berufsausbildung
dpa

Berlim (dpa) – A Alemanha está internacionalmente bem posicionada com o seu sistema educacional. Contudo, as semanas de fechamento das escolas podem ter a longo prazo consequências financeiras maciças para a geração dos alunos afetados. Esta avaliação é da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e seu diretor para Educação, Andreas Schleicher.

Schleicher disse na apresentação do relatório anual da OCDE, “Education at a Glance”, na terça-feira em Berlim: «As perdas de aprendizado durante o fechamento de escolas (...) podem significar uma perda de 3% na renda vitalícia para a geração atingida pela crise do coronavírus e somar centenas de bilhões de euros em perdas até o final do século».

Em total, a Alemanha recebe boas notas no relatório educacional da OCDE. A formação profissional alemã é ressaltada. O sistema garante alta empregabilidade e desempenhará um papel fundamental na fase de recuperação após a crise do coronavírus, afirma o relatório.

A verdadeira força na Alemanha é a interação entre a escola e o aprendizado prático na empresa, disse o diretor de Educação da OCDE, Andreas Schleicher, na terça-feira. De acordo com o relatório, uma média de 46% dos alunos das séries superiores na Alemanha escolhem o caminho da formação profissional dual – com a parte teórica na escola e a prática na empresa.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de