TdT_Tracht_19042017

O retorno do “Dirndl” e da calça de couro

Esses trajes eram antigamente a roupa de trabalho nas aldeias, transformando-se, depois, no vestiário festivo da Oktoberfest, a festa da cerveja. Agora, essa roupa marca o visual dos hippies.

Alemanha. A tradição não precisa excluir a tendência e vice-versa. E menos ainda na moda. Isto é o que mostram os exemplos de Angermaier ou Lodenfrey, os grandes fabricantes alemães de trajes típicos tradicionais, pois exportam seus vestidos “Dirndl” para Abu Dhabi e vendem suas calças de couro nos EUA. Um negócio na casa dos milhões. E, na Alemanha, já não se usam mais os “Dirndl” e os trajes de couro de cervo somente na Oktoberfest de Munique, mas também em casamentos ou na Mottoparty no Reno e no Elba. Mas, depois de muitos anos de Dirndl de plástico nos mercados, os estilistas alemães e seus clientes estão voltando à tradição, como mostram os figurinos da grife muniquense Gottseidank, que desenha Dirndl realmente convincentes, usando cores suaves e formas rigorosas, correspondendo ao artesanato alemão até nas rendas das preciosas blusas. Isto tudo sem muita extravagância, mas com atenuação elegante.

O Dirndl encontra o punk

Lola Paltringer lançou um desenho alternativo opulento, com linda moda punk e uma excentricidade cheia de humor. Seus corpetes destacam-se por aplicações de laços, pelas abundantes rendas em forma de rosa, e até mesmo por bordados de cenas de histórias em quadrinho. Esta estilista nascida em Mannheim, ex-aluna de Vivienne Westwood e formada na escola de moda ESMOD, tornou-se rapidamente famosa entre as estrelas. O epicentro excêntrico de seu espírito criativo é o ateliê de vestuários típicos tradicionais, feitos sob medida, localizado no centro de Munique, cuja gerência ela partilha com sua mãe Brigitte.  

Nostalgia no estilo de Sissi

A imperadora austríaca Sissi foi a inspiração da estilista muniquense Julia Trentini, em cujos figurinos encontram-se nostalgias infantis e elegância feminina. Como o nome da grife “Fräulein Trentini” já indica, o desenho é lindo e feminino, bem no estilo de Sarah Jessica Parker, a estrela de “O Sexo e a Cidade”, que tem no seu badalado guarda-roupa um Dirndl de Trentini.

É precisamente uma firma hamburguesa, a companhia de varejo via correio Limberry, que reúne sob um só teto as três grifes de Munique e outros estilistas famosos. Sibilla Kawala, doutorada em Gestão de Empresas, vem também oferecendo no seu comércio on-line, desde 2013, sua própria coleção de trajes típicos tradicionais e um Dirndl-Konfigurator (configurador de Dirndl), o que já lhe proporcionou alguns prêmios de empresa, os “Gründerpreise”.

79ª Festa de Primavera de Stuttgart, a maior festa de primavera da Europa, de 15 de abril a 7 de maio de 2017 

© www.deutschland.de

Adicionar comentário

Login para postar comentários