Helmholtz – A maior organização de pesquisa da Alemanha

15 000 cientistas e 7000 doutorandos pesquisam em 18 institutos, em nome da Fundação Helmholtz.

A maior organização científica da Alemanha, com mais de 15 000 cientistas e 7000 doutorandos, começou em 1958 como comunidade de trabalho de instituições recém criadas da energia nuclear, na época considerada fascinante. Hoje, a Comunidade Helm­holtz inclui 18 centros independentes de pesquisa, entre eles também o Centro Alemão de Navegação Aeroespacial (DLR) com 16 instalações alemãs. Com seus trabalhos, eles contribuem substancialmente para a solução de questões importantes e urgentes da ciência, da sociedade e da economia. Para isto, os cientistas da Helmholtz concentram-­se em sistemas de alta complexidade, que marcam as pessoas e o meio ambiente. Os temas giram em torno, por exemplo, de como deixar o meio ambiente intacto para as gerações futuras. Mas também o desenvolvimento de novas terapias para doenças incuráveis ocupa os pesquisadores de forma intensiva. Nas pesquisas da Helmholtz são empregados aparelhos espetaculares, o que atrai cientistas de todo o mundo, interessados em trabalhar com os aparelhos.

www.helmholtz.de