Universidades proeminentes na Alemanha

Universidades de superlativos: estas são as universidades mais inovadoras, maiores, mais velhas e mais internacionais da Alemanha. 

Na Alemanha, há muitas universidades de padrão internacional.
Na Alemanha, há muitas universidades de padrão internacional. dpa

As melhores universidades da Alemanha

A Times Higher Education (THE) publica anualmente o “ranking” das 1.000 melhores universidades do mundo. Dez universidades alemãs estão entre as 100 primeiras:
 

  • Ludwig-Maximilians-Universität de Munique (34)
  • Technische Universität de Munique (41)
  • Ruprecht-Karls-Universität de Heidelberg (45)
  • Humboldt-Universität de Berlim (62)
  • RWTH de Aachen (79)
  • Albert-Ludwigs-Universität de Freiburg (82)
  • Freie Universität de Berlim (88)
  • Technische Universität de Berlim (92)
  • Eberhard-Karls-Universität de Tübingen (94)
  • Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität de Bonn (100)
LMU
LMU dpa

As universidades mais inovadoras da Alemanha 

23 universidades alemãs constam em 2018 da lista da Reuters com as 100 universidades mais inovadoras da Europa. A agência de notícias Reuters elabora o “ranking” de acordo com dez critérios, entre os quais o número de patentes requeridas e o número das publicações científicas citadas. Estas são as três mais bem colocadas entre as universidades alemãs:
 

  • Universidade de Nuremberg-Erlangen (5º lugar)
  • Technische Universität de Munique (6º lugar)
  • Ludwig-Maximilians-Universität de Munique (8º lugar)
Universität Erlangen
Erlangen dpa

A universidade alemã com o maior número de Prêmios Nobel

A Technische Universität de Munique já teve até agora 16 agraciados com Prêmios Nobel de Física, Química e Medicina.

 

A maior universidade da Alemanha

Cerca de 76.000 estudantes estão matriculados atualmente na única universidade telemática estatal, a FernUniversität em Hagen.

Fernuniversität Hagen
FernUniversität in Hagen, Dirk Matull

A mais velha universidade da Alemanha

Fundada em 1386, a Ruprecht-Karls-Universität de Heidelberg é a mais velha universidade na Alemanha e uma das mais velhas na Europa. Ela é uma das universidades de ponta em Medicina; em Heidelberg também está sediado o Centro Alemão de Pesquisa do Câncer. Outros setores de destaque nela são Neurobiologia, Física, Química, Matemática e Ciências Jurídicas. A universidade de Heidelberg foi a primeira universidade alemã a criar subsidiárias no exterior: em Santiago do Chile, Nova York, Kyoto e Délhi.

Universität Heidelberg
Heidelberg dpa

A universidade mais internacional da Alemanha 

Quase um quarto dos estudantes da Technische Universität de Munique (TUM) vem do exterior. Segundo o “ranking” THE, a TUM tem a mais alta cota de estudantes internacionais, 23 %. Recordista, contudo, é uma pequena Escola Superior de Música, privada, em Berlim: desde o início do seu funcionamento no ano de 2016, a Academia Bareinboim-Said teve até mesmo 97 % de alunos com histórico internacional entre seus 37 estudantes. 

© www.deutschland.de