Ponto de encontro: biblioteca

Lugar de belas histórias, elo social, acervo da sociedade digital – o que as bibliotecas podem ser.

dpa/Eibner-Pressefoto - Library

Quando uma biblioteca é uma boa biblioteca? Quando ela põe à disposição vários metros de romance policial do autor predileto? Quando ela fica muito tempo aberta? Quando as poltronas são especialmente baixas e as prateleiras de livros especialmente altas? Um ou outro ponto pode desempenhar papel importante, quando a Federação Alemã das Bibliotecas elege a “Biblioteca do Ano”. Mas os critérios vão além da simples possibilidade de um recolhimento na literatura, de  imersão em mundos alheios. As bibliotecas a serem premiadas não devem ser nenhuma ilha, mas sim um lugar de conexão. Três exemplos de livrarias que cumprem este critério e que foram premiadas nos anos passados.

Biblioteca Central Alemã de Ciências Econômicas

A biblioteca com dependências em Hamburgo e Kiel é o maior centro mundial de informação para literatura de ciências econômicas – tanto on-line como off-line. Ela abriga cerca de quatro milhões de volumes e 26.000 revistas. Com o servidor de publicações “EconStor”, ela põe uma coleção de documentos à disposição na internet, a qual está crescendo de forma extremamente rápida. A biblioteca faz parte da Comunidade Leibniz. O júri a elogiou como uma “biblioteca radicalmente moderna, cuja orientação para o cliente e para a inovação pode servir de exemplo para outras bibliotecas”.
www.zbw.eu

Biblioteca Municipal de Stuttgart

Também esta biblioteca premiada aposta na competência digital. Desde cedo, ela desenvolveu e implementou de forma consequente o seu conceito futurístico da “biblioteca como lugar inovador de aprendizagem”, elogiou a Federação das Bibliotecas. Estúdios de aprendizagem, bem como 400 lugares de leitura e de trabalho, nos quais podem ser utilizados os 120 notebooks da biblioteca, são um convite para uma estada prolongada – o que é perfeitamente possível, em razão do generoso horário de funcionamento (de segunda-feira ao sábado, de 9 até 21 horas). Com suas dependências num bairro em que vivem muitas famílias socialmente desprivilegiadas, a livraria é, além do mais, um importante elo social.
www.stuttgart.de/stadtbibliothek

Livraria da Penitenciária JVA Münster

Importantes serviços à sociedade são prestados também pela livraria na penitenciária de Münster. Ela nada tem a ver com o clichê sobre as livrarias de prisão, com acervo parco e escolha modesta. Dois anos antes da sua premiação, as instalações foram reformadas e projetadas por um escritório de arquitetura. “Com sua nova concepção, a biblioteca colorida logrou um salto de qualidade”, elogiaram os jurados. Tanto melhor ela consegue, “sob condições muito excepcionais e com uma tarefa especial, prestar uma contribuição excelente para a integração através de cultura e formação”.
www.jva-muenster.nrw.de

Dia Mundial do Livro em 23 de abril

www.bibliotheksverband.de

© www.deutschland.de