Chance universitária para jovens refugiados

Através da Iniciativa Acadêmica Alemã para Refugiados Albert Einstein (DAFI), a Alemanha possibilita um estudo universitário a mais 2500 refugiados.

A Alemanha concede 2500 bolsas de estudo adicionais para refugiados em todo o mundo. O Ministério das Relações Externas apoia assim a Iniciativa Acadêmica Alemã para Refugiados Albert Einstein (DAFI) no Alto Comissariado das Nações Unidas ­para os Refugiados (ACNUR). A DAFI possibilita a refugiados bem-dotados ­fazerem um curso universitário no país em que obtiveram asilo político ou – no caso de um retorno – na sua pátria. Com as novas bolsas de estudo são fomentados sobretudo refugiados sírios nos países vizinhos à sua pátria assolada pela guerra civil: até 1000 bolsas serão destinadas à Turquia, 700 estão à disposição dos refugiados na Jordânia, Líbano, Egito e no Norte do Iraque.

www.unhcr.de/unhcr/dafi