Entdecke DE: Mosteiros na Alemanha

Com a série “Entdecke.DE”, fazemos uma viagem através de toda a Alemanha: desta vez, visitamos mosteiros.

dpa/Georg Knoll - Monasteries

Mosteiros são lugares de silêncio e espiritualidade. Mas, por trás das paredes históricas, escondem-se também atividades culturais e manufaturas bem mundanas. Uma seleção.

Abadia de Corvey

Desde 2014, a antiga abadia beneditina de Corvey, com o Westwerk carolíngio mais antigo do mundo, é Patrimônio Mundial da UNESCO. A construção na cidade norte-renana-vestfálica de Höxter estava antigamente entre os mosteiros mais influentes do império francônio. Na Idade Média, os fiéis faziam romaria ao túmulo do São Guido, localizado no mosteiro. Hoje, os entusiastas da literatura visitam lá a sepultura do poeta Hoffmann von Fallersleben ou a Biblioteca do Principado, com cerca de 74.000 volumes.

Mosteiro Helfta

Poder feminino na Saxônia-Anhalt: fundado em 1229 e próximo a Eisleben, cidade de Lutero, situado na atual diocese de Magdeburg, esse mosteiro cisterciense sempre foi um lugar de mulheres fortes. Na Idade Média, viveram aí conhecidas freiras místicas, como Santa Matilde ou Santa Gertrudes, a Grande. Assim, o mosteiro tornou-se o centro da vivência mística de Deus para as mulheres.

Mosteiro de Andechs

“Santa Maria ajudou” – as paredes do mosteiro de Andechs estão cobertas de pequenos bilhetes de fiéis agradecidos. A abadia beneditina no “Monte Sagrado” é o segundo maior centro de peregrinação na Baviera, depois de Altötting. Os turistas são atraídos também pela visita à famosa cervejaria do mosteiro. Existem sete tipos de cerveja de Andechs.

Mosteiro de Eberbach

A antiga abadia cisterciense nas proximidades de Eltville, na região de Rheingau, foi uma das mais antigas e mais importantes da ordem de Cister na Alemanha. Criado em 1136, o mosteiro de Eberbach possui hoje, com a empresa estatal Hessischen Staatsweingüter GmbH, a maior vinicultura da Alemanha. O mosteiro de Eberbach tornou-se internacionalmente conhecido através da filmagem do best-seller de Umberto Eco, “O Nome da Rosa”, com Sean Connery no papel principal.

Abadia de Maria Laach

A vida monástica na região do Eifel é caracterizada por monges artesãos e artistas. Em 2015, a abadia beneditina de Maria Laach criou até mesmo a sua própria marca, “Lacensia”, sob a qual são vendidos por exemplo os trabalhos em cerâmica da própria manufatura ou artigos têxteis do ateliê de costura do mosteiro. A instalação monástica da alta Idade Média, às margens do lago vulcânico, é conhecida além disso pela sua pomposa basílica românica. 

www.schloss-corvey.de

www.kloster-helfta.de

www.andechs.de

http://kloster-eberbach.de

www.maria-laach.de

© www.deutschland.de