Martini ou vinho de maçã?

Para a sua lista pós-corona:  Frankfurt do Meno é uma cidade, onde não flui somente o dinheiro. Porque vale a pena fazer um passeio pela cidade dos bancos.

Quinze museus em Frankfurt estão à espera dos visitantes.
Quinze museus em Frankfurt estão à espera dos visitantes. Getty Images - iStockphoto

Um pouco da atmosfera de Nova York paira sobre a cidade dos bancos da Alemanha. Olhando-se do rio Meno, pode-se admirar a silhueta dos arranha-céus de Frankfurt, cidade esta que está à altura de outras metrópoles mundiais. Mas há uma diferença: sob a silhueta da “Mainhattan” não se estende uma cidade com milhões de habitantes. Frankfurt tem cerca de 700 mil habitantes, mas é a maior metrópole financeira da Alemanha. O Banco Central Europeu também tem a sua sede nesta cidade. Ela une o moderno, a tradição e a cultura original de Hessen.

Sachsenhausen, a margem do Meno e o bairro dos bancos

Quem conhece Frankfurt só como um lugar de baldeação ferroviária e aérea deveria trazer um pouco mais de tempo na sua próxima passagem por esta cidade. É precisamente nos meses de verão que esta cidade mostra quanta área verde se esconde entre os arranha-céus dos bancos, como ao longo da Mainufer, a margem do Meno. Aqui, não há somente natureza e um linda vista da silhueta da cidade, mas também 15 diferentes museus, cujos temas de exposição vão desde a arquitetura e belas artes até a história judaica. Muito badalado entre os amantes de arte é o  Städel-Museum, que oferece um resumo de 700 anos de história da arte europeia.

Top 5 Museums in Frankfurt: Schirn, Senckenberg, Städel, MMK, Historisches Museum

 


Explorar Frankfurt digitalmente

Mesmo antes da crise do coronavírus, o Museu Städel em Frankfurt do Meno estava muito bem posicionado digitalmente. Entre outras coisas, o museu tem em seu repertório um “podcast” altamente recomendável. “Finding van Gogh” conta a emocionante história do legendário “Retrato do Dr. Gachet”, em alemão e inglês – e foi indicado para o Prêmio Alemão de Podcast. Quem quiser aprofundar ainda mais os conhecimentos de arte, pode fazê-lo com o curso gratuito de arte sobre o Modernismo, em inglês ou alemão. O curso consiste em cinco módulos, pode ser realizado de forma flexível em termos de tempo e oferece um programa variado de filmes, textos e formatos lúdicos de aprendizagem.

Você não quer se tornar um especialista em arte, mas quer apenas passear pelo novo bairro histórico de Frankfurt? Com esta série de vídeos você pode fazer isso da sua casa. A bem sucedida mistura de reconstruções e novas construções no coração da cidade nos lembra a história agitada de Frankfurt como metrópole europeia.


 

O contrário da Frankfurt cosmopolita e intelectual é a “Fraa Rauscher” (Dona Embriaguez), uma mulher histórica envolta em mitos que deve ter sabido como saborear intensamente o “Apfelwein” (vinho de maçã), a bebida tradicional de Frankfurt. Ela é apresentada em todas as festas populares e em todas as oportunidades. Existe até mesmo uma escultura dessa mulher. É uma fonte na viela Klappergasse, no bairro de bares Alt-Sachsenhausen. Mas tenham cuidado: a estátua da velha diverte muita gente, pois costuma cuspir água em cima de passantes desatentos.

"Fraa Rauscher"
"Fraa Rauscher" picture-alliance - dpa

Quem quiser ter uma mudança de perspectiva em Frankfurt poderá tomar o elevador da “Main Tower”, na rua Neue Mainzer Strasse, e subir os 198 metros, até alcançar a plataforma de vista panorâmica. Em dias claros, pode-se ver de lá toda a região do Reno-Meno, até as regiões limítrofes das montanhas de Mittelgebirge do Taunus, as regiões de Odenwald e Spessart. Depois, recomenda-se despedir do dia bebendo um copo de vinho de maçã, fazendo um passeio pelo bairro de Sachsenhausen ou pela natureza perto da cidade, indo ao antigo aeroporto no bairro norte de Bonames.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here:

 

Twitter New Account