Blinken dialoga com Maas em Bruxelas

O secretário de Estado norte-americano Blinken pressiona seu colega alemão em questão controversa na primeira reunião bilateral. 

Blinken spricht mit Maas in Brüssel
dpa

Bruxelas (dpa) – O novo secretário de Estado americano Antony Blinken usou sua primeira reunião com o ministro alemão das Relações Externas, Heiko Maas, para criticar o gasoduto Nord Stream 2 no mar Báltico. Blinken acusou indiretamente a Alemanha, ao manter-se fiel ao projeto, de contribuir para os esforços da Rússia em minar a segurança coletiva. À margem da reunião da OTAN em Bruxelas, o porta-voz americano Ned Price declarou à imprensa após as conversas de terça-feira à noite, que Blinken havia ressaltado a determinação dos EUA em trabalhar com aliados e parceiros para contrariar essa intenção de Moscou. Neste contexto, ele reiterou a oposição ao gasoduto. O Ministério das Relações Externas não comentou o tema do Nord Stream 2 e falou de um «intercâmbio muito bom» com o Departamento de Estado americano.

Antes disso, Blinken, Maas e seus colegas da França e da Grã-Bretanha haviam mantido conversações informais. De acordo com o Ministério das Relações Externas, o «intercâmbio de confiança» entre os quatro se concentrou no Afeganistão, Iêmen e Irã, entre outras coisas. Além disso, foi discutido o processo estratégico «OTAN 2030», que também tem por objetivo iniciar reformas para uma cooperação política mais estreita entre os parceiros da aliança. As conversações de terça-feira à noite aconteceram à margem da atual reunião dos ministros das Relações Externas da OTAN. Eles devem reunir-se novamente nesta quarta-feira para discutir novas negociações com a Rússia.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de