Governo alemão quer encerrar a missão em Mali em 2024

Os 1200 soldados deverão ser retirados após as eleições no país da África Ocidental 

Bundesregierung will Mali-Einsatz 2024 beenden
picture alliance/dpa

Berlim (dpa) – O governo alemão quer continuar o envio de soldados alemães para Mali, o país da África Ocidental, apenas até maio de 2024. Com o fim do mandato da ONU, as condições para a retirada deverão ser criadas no próximo ano. De acordo com o porta-voz do governo alemão, Steffen Hebestreit, será proposto ao Parlamento Federal que o mandato “seja prorrogado pela última vez por um ano em maio de 2023, a fim de levar a missão a um fim estruturado após dez anos”. “Isso deverá levar em conta especialmente as eleições em Mali, que estão agendadas para fevereiro de 2024”.

Cerca de 1200 soldados alemães fazem parte da missão em Mali. Recentemente, houve repetidas desavenças entre os governantes militares e a missão da ONU. Desde o golpe de maio de 2021, o país é governado pelos militares.

Fonte: dpa, tradução: deutschland.de