Ideias futurísticas para o mundo pós-corona

A crise do coronavírus domina inteiramente a Alemanha. Mas o que virá depois? Sobre isso já existem primeiras conjecturas de pesquisadores de tendências.

The future after coronavirus
dpa

Frankfurt do Meno (dpa) – Imagine que a crise do corona tenha sido superada. As pessoas podem outra vez sair de casa e encontrar-se, sem restrições. Vamos nos cumprimentar novamente com aperto de mãos, vamos nos abraçar de novo? Vamos desfazer o nosso “home office” sem maiores preocupações? Pesquisadores de tendências já fazem conjecturas sobre o mundo depois do coronavírus. Eles veem uma profunda mudança causada pela pandemia – mas desenvolvem visões claramente encorajadoras do futuro.

«Vamos nos admirar de que as renúncias sociais que tivemos de praticar, raramente conduziram à solidão», afirma por exemplo o pesquisador de tendências e publicista Matthias Horx. No seu portal de internet, www.horx.com, o fundador do Instituto do Futuro em Frankfurt faz uma experiência teórica: ele imagina que já é o outono setentrional e, a partir dessa perspectiva, ele examina o nosso presente em meio da crise do coronavírus com todas as suas incertezas, limitações e proibições de contatos.

«Paradoxalmente o distanciamento físico, forçado pelo vírus, produz ao mesmo tempo uma nova proximidade», escreve ele. «Ficamos conhecendo pessoas que, de outra forma, jamais teríamos conhecido. Entramos novamente em contato com velhos amigos, fortalecemos as ligações, que tinham se tornado frouxas e relaxadas. Famílias, vizinhos, amigos aproximaram-se e, em parte, solucionaram até mesmo conflitos encobertos». Horx considera ainda mais: «Na nossa visão do passado, nós nos surpreendemos sobre quanto humor e solidariedade humana surgiram realmente nos dias do vírus».

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de