Lemke: Resultado da cúpula do clima ficou aquém do necessário

Alemanha aplaudiu fundo de compensação, mas decepcionou-se com a Conferência Mundial do Clima

Lemke: COP-Ergebnis bleibt hinter Notwendigem zurück
picture alliance/dpa

Xarm el-Xeikh/Berlim (dpa) – O governo alemão esperava resultados mais abrangentes da COP27, a cúpula mundial do clima em Xarm el-Xeikh, no Egito. A ministra alemã do Meio Ambiente, Steffi Lemke, considerou insuficiente o resultado das negociações. “Isto é extremamente decepcionante”, afirmou. Por outro lado, ela disse que foi um passo importante, o fato de os países terem acertado a criação de um fundo para compensar os danos relacionados ao clima nos países mais pobres e mais vulneráveis. “Isto foi um grande êxito em termos de política de desenvolvimento, mas temos de fazer progressos na questão da redução de gases do efeito estufa. E o progresso nisso é simplesmente muito lento”, disse Svenja Schulze, ministra alemã de Cooperação Econômica e Desenvolvimento. “Uma difícil conferência climática chegou ao fim, com um resultado que não pode realmente nos deixar satisfeitos”, disse o ministro alemão da Economia e Proteção Climática, Robert Habeck.

As organizações alemãs de preservação do clima e da natureza ficaram desapontadas com o resultado. A opinião quase unânime foi que houve alguns sucessos importantes, como o do fundo de compensação, mas que, de modo geral, foi decidido muito pouco do que seria obrigatório na luta contra o aquecimento global.

Fonte: dpa; Tradução: deutschland.de