Luta contra a extinção global de espécies

Cada vez mais espécies animais e vegetais estão se extinguindo em todo o mundo. A ministra alemã do Meio Ambiente, Svenja Schulze, pleiteia maiores esforços no combate à extinção das espécies. 

Kampf gegen weltweites Artensterben
dpa

Kunming (dpa) – A ministra alemã do Meio Ambiente, Svenja Schulze, reivindicou um novo acordo-quadro «ambicioso» para combater a extinção de espécies em todo o mundo. «O tempo está se esgotando», advertiu a ministra num discurso por vídeo na Conferência Mundial de Proteção da Natureza (Cop15), que está sendo realizada on-line e na cidade chinesa de Kunming. A extensão e a velocidade da perda de espécies é preocupante, disse ela.

Os objetivos do acordo sobre a proteção e restauração dos ecossistemas, que deverá ser alcançado até a primavera setentrional de 2022, devem ser «ambiciosos e concretos». Schulze apoiou planos para colocar 30% das áreas terrestres e marinhas sob proteção até 2030. Também deve ser assegurado que as metas sejam traduzidas em planos nacionais e que seu cumprimento seja monitorado.

«Os próximos meses serão decisivos para determinar se teremos sucesso em deter a perda da diversidade de espécies», advertiu Schulze. O prazo até a adoção do acordo-quadro na segunda parte da conferência, final de abril e início de maio do ano que vem, deve ser «bem aproveitado» para abordar as questões em aberto num diálogo construtivo.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de