Maas promete apoio à Índia

Mais de 300 mil novas infecções de coronavírus por dia levaram o sistema de saúde indiano à beira do colapso. 

Maas sagt Indien Unterstützung zu
dpa

Berlim (dpa) – Tendo em vista a dramática escalada da pandemia de coronavírus na Índia, o ministro alemão das Relações Externas Heiko Maas (SPD) assegurou ajuda e solidariedade ao país asiático. «Dentro do governo federal e em conversas com empresas, estamos atualmente fazendo todos os esforços para poder fornecer apoio o mais rápido possível, por exemplo, com oxigênio e medicamentos», disse Maas ao jornal «Rheinische Post». 

A Alemanha e outros países restringiram severamente a entrada de viajantes vindos da Índia, em razão da variante do vírus lá existente. «Foi correto termos agido rapidamente para impedir a entrada da nova mutação na Alemanha», enfatizou Maas. Entretanto, acrescentou, agora é igualmente importante apoiar a Índia da melhor forma possível. A Alemanha assumiu um papel central na luta conjunta contra o coronavírus. 

A Índia vem registrando há dias os maiores índices de infecções com o novo coronavírus. No domingo, mais de 300 mil novas infecções e mais de 2000 mortes foram registradas pelo quarto dia consecutivo. Também no domingo, houve o maior número de mortes relacionadas ao coronavírus até agora. 2767 pessoas morreram no período de 24 horas. É provável que o número de casos não relatados no país seja ainda muito maior. 

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de