Mais de 1,8 milhão de pessoas buscam proteção na Alemanha

A maioria vem da Síria, Afeganistão e Iraque.

Mehr als 1,8 Millionen Schutzsuchende in Deutschland
dpa

Wiesbaden (dpa) - O número de pessoas, que buscam na Alemanha proteção contra guerra ou perseguição, aumentou para pouco mais de 1,8 milhão no final do ano passado, informou na quinta-feira o Departamento Federal de Estatística em Wiesbaden. Os que procuram proteção são estrangeiros que estão na Alemanha sob a alegação de razões de direito internacional, bem como razões humanitárias ou políticas.

Entre essas pessoas estavam, em 31 de dezembro de 2019, cerca de 266.000 pessoas que receberam o status de proteção temporária. Ainda não havia sido tomada uma decisão legal sobre os seus requerimentos de asilo político. Um total de 1,36 milhão de pessoas tinham um status de proteção reconhecido. A Síria era o principal país de origem (41%), seguida pelo Afeganistão (11%) e o Iraque (10%). Em 80% dos casos, o status de proteção reconhecido era limitado no tempo. Além disso, ainda permaneciam na Alemanha 213.000 pessoas, cujos pedidos de asilo foram rejeitados ou que haviam perdido seu status de proteção.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de