Ministério das Relações Externas terceiriza tarefas

O Departamento Federal das Relações Externas trata agora das tarefas administrativas para que o Ministério possa se concentrar na sua atividade principal.

Auswärtiges Amt
dpa

Berlim (dpa) – Pela primeira vez em seus 150 anos de história, o Ministério das Relações Externas está sendo apoiado por uma organização subordinada. Sediado na cidade de Brandemburgo no Havel, o Departamento Federal das Relações Externas se encarregará a partir de agora da distribuição de fundos para projetos de ajuda humanitária, de vistos para profissionais do exterior, de questões de pessoal e da gestão dos imóveis no exterior. «Para uma política externa eficaz, é importante que estas tarefas sejam abordadas da maneira mais profissional e eficiente possível», declarou o ministro das Relações Externas Heiko Maas, explicando a criação do novo departamento, que começou a trabalhar nesta segunda-feira.

O Departamento Federal, que fica a apenas 70 quilômetros do Ministério em Berlim, começará com 80 funcionários, metade dos quais trabalharão inicialmente em Brandemburgo. Até 2025, o quadro de pessoal deverá aumentar para 700 a mil funcionários. Ao contrário dos diplomatas do Ministério das Relações Externas, o pessoal do novo departamento estará permanentemente estacionado num único lugar e não fará rodízio a cada par de anos entre Berlim e as mais de 200 missões no exterior, em todo o mundo. Ao terceirizar tarefas administrativas, o Ministério poderá concentrar-se melhor em sua atividade principal.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de