Novo ministro da Defesa na Alemanha

Boris Pistorius, político do SPD, assume o lugar de Christine Lambrecht. O novo ministro da Defesa tem “humildade e respeito diante de uma enorme tarefa”. 

Boris Pistorius
picture alliance/dpa

Berlim/Hanôver (dpa) – A Alemanha tem um novo ministro da Defesa: o político do SPD e ex-secretário do Interior da Baixa Saxônia, Boris Pistorius, sucederá a ex-ministra Christine Lambrecht. Ele tem “humildade e respeito diante de uma tarefa tão assustadora”, disse Pistorius. O chanceler Olaf Scholz enfatizou que Pistorius tem uma grande experiência em política de segurança. Ele já havia trabalhado de forma muito aberta e próxima com as Forças Armadas alemãs. A anterior ministra da Defesa, Christine Lambrecht, havia anunciado sua renúncia após pouco mais de um ano no cargo.

O novo ministro da Defesa é alguém “que também tem a força e a calma necessárias para uma tarefa tão grande, tendo em vista a atual mudança dos tempos”, enfatizou o chanceler Scholz. Ele está convencido de que Pistorius é alguém “que pode trabalhar com as tropas e que os soldados vão gostar muito dele”.

“Eu quero tornar fortes as Forças Armadas”, anunciou Pistorius. “As tarefas frente às tropas são enormes”. Ele disse ser importante para ele a “cooperação próxima e confiante” com os soldados, e acrescentou que as Forças Armadas têm de se preparar para uma nova situação, causada pela guerra de agressão russa na Ucrânia. Já na sexta-feira, o novo ministro se reunirá com os aliados ocidentais da Ucrânia na base aérea americana de Ramstein, na Renânia-Palatinado, para tratar de mais apoio a Kiev.

Fonte: dpa; Tradução: deutschland.de