Novo regulamento para medidas anticorona

Nova base para medidas anticorona na Alemanha: o Parlamento Federal (“Bundestag”) aprovou novos regulamentos, que têm ainda de receber o aval do “Bundesrat”, a câmara alta que representa os Estados. 

Neuregelung der Corona-Maßnahmen
dpa

Berlim (dpa) – O Parlamento Federal aprovou os novos regulamentos para medidas anticorona, conforme os planos dos prováveis parceiros de coalizão governamental – SPD, Verdes e FDP. Os regulamentos preveem, alémda ampliação das medidas anticorona nos locais de trabalho, nos transportes coletivos ou nos asilos, uma proibição básica de medidas especialmente drásticas, como o fechamento de escolas ou docomércio. O “Bundesrat”, como câmara representante dos governos estaduais, terá ainda de aprovar o novo regulamento. O partido oposicionista CDU-CSU ameaça bloquear o projeto de lei na câmara alta.

Os planos devem criar uma nova base jurídica para as medidas anticorona, quando expirar em 25 de novembro a medida temporária aprovada pelo Bundestag sobre a chamada situação epidêmica. Essa medida excepcional dá aos governos estaduais a possibilidade de adotar através de simples portariasamplas medidas anticorona, que vão do confinamento das pessoas e da proibição de eventos, até o fechamento de restaurantes, do comércio ou das escolas.

Os governadores e governadoras dos Estados devem reunir-se com a chanceler Angela Merkel nesta quinta-feira, para tratar sobre os próximos passos no combate à pandemia. Enquanto isso, a Comissão Permanente de Vacinação (sigla alemã Stiko) ampliou drasticamente a sua recomendação de dose de reforço para os já vacinados. “A Stiko recomenda uma imediata dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para todas as pessoas acima de 18 anos de idade”, segundo o comunicado oficial do grêmio.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de