Primeiros socorros a caminho de Beirute

A Agência Federal de Socorro Técnico (THW) deve avaliar os danos em edifícios, localizar e resgatar as vítimas soterradas. 

Erste Hilfe für Beirut rollt an
dpa

Beirute (dpa) – A ajuda da Alemanha para as vítimas da explosão devastadora em Beirute está a caminho. A Agência Federal de Socorro Técnico (THW) enviou suas primeiras forças. Em nome do governo alemão, uma equipe da Unidade de Ação Rápida para Salvamentos no Exterior (SEEBA), bem como uma equipe de apoio à embaixada partiu para o Líbano na quarta-feira à noite, conforme anunciou a organização na quinta-feira. “No local, nossas forças-tarefas vão examinar e avaliar a situação, localizar e resgatar as vítimas soterradas, avaliar os danos aos edifícios e apoiar a embaixada”, disse a vice-presidente da THW, Sabine Lackner.

De acordo com os dados oficiais, pelo menos 135 pessoas morreram na terça-feira em Beirute e cerca de 5000 outras ficaram feridas. Mais pessoas desaparecidas estão provavelmente sob os escombros. Calcula-se que até 250.000 habitantes perderam as suas moradias.

A Alemanha também está oferecendo ao Líbano uma missão de ajuda em larga escala das Forças Armadas alemãs. Para este fim, foi disponibilizado também o Airbus A310 “MedEvac” da Força Aérea, equipado para o transporte de pessoas gravemente feridas. Na quinta-feira foi examinado se o Centro Aéreo de Salvamento das Forças Armadas alemãs – uma instalação médica móvel – pode ser instalado no local. Uma equipe de reconhecimento do serviço médico das Forças Armadas alemãs deverá examinar a situação local em Beirute em curto prazo e voar para lá. Também está sendo considerada a transferência da corveta “Ludwigshafen am Rhein” atualmente em missão das tropas da ONU para o Líbano (Unifil), do Chipre para Beirute.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de

© deutschland.de / dpa