Rattle torna-se o maestro-chefe em Munique

O dirigente-chefe de longa data da Orquestra Filarmônica de Berlim assume a Orquestra Sinfônica da emissora Bayerische Rundfunk. 

London Symphony Orchestra - Trafalgar Square.
dpa

Munique (dpa) – É uma nomeação de topo no mundo da música clássica: “sir” Simon Rattle deverá tornar-se o maestro-chefe da Orquestra Sinfônica da emissora Bayerische Rundfunk (BRSO). No momento, o dirigente de 65 anos de idade ainda é diretor musical da London Symphony Orchestra. Ele assumirá o cargo em Munique, como diretor da renomada orquestra e coro, na temporada de 2023/2024, conforme anunciou a Bayerische Rundfunk (BR) em Munique nesta segunda-feira. O contrato terá uma duração inicial de cinco anos.

«Com sua paixão, sua versatilidade artística e seu carisma envolvente, ele será um sucessor extremamente digno de Mariss Janons», disse o diretor da BR, Ulrich Wilhelm. Como nenhum outro, ele representa novas maneiras de inspirar as pessoas para a música. Este é um sinal importante, disse ele, especialmente num momento em que as artes estão lutando com restrições devido à pandemia.

O britânico tem uma grande experiência com as melhores orquestras alemãs, não só porque muitas vezes ele esteve no pódio do maestro com a BRSO. De 2002 a 2018, ele foi maestro-chefe e diretor artístico da Filarmônica de Berlim. Em 2017, ele assumiu então o seu atual cargo em Londres.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de