Sete vezes Humboldt

No Ano de Humboldt 2019, apresentamos sete fatos que comprovam que Alexander von Humboldt estava muito adiante do seu tempo.

Alexander von Humboldt und Aimé Bonpland am Orinoco
Alexander von Humboldt e Aimé Bonpland no Orinoco dpa

1. Pioneiro da proteção ao clima

Já no início do século XIX, Alexander von Humboldt chamou a atenção para os danos climáticos provocados pelo homem. Durante sua viagem pela América Latina, ele viu como os colonizadores predavam o meio ambiente pelos seus interesses, e encontrou as palavras certas para isso: “Eu creio que o ser humano violenta a natureza”. Através dos seus relatos, ele inspirou pensadores como James Madison e John Muir.

2. Mestre do entrelaçamento

Muito antes de LinkedIn ou Xing, Humboldt aperfeiçoou o entrelaçamento profissional: até à sua morte, ele escreveu cerca de 50.000 cartas e recebeu o dobro disso. Ele estabeleceu contatos estratégicos com pensadores, pesquisadores e políticos de todo o mundo. Ele se mostrou cosmopolita na sua correspondência: escrevia em alemão, francês, latim, espanhol e inglês.

Wilhelm e Alexander von Humboldt com Schiller e Goethe em Jena
Wilhelm e Alexander von Humboldt com Schiller e Goethe em Jena dpa

3. Cosmopolita ávido de viagens

“A mais perigosa visão do mundo é a cosmovisão daqueles que nunca contemplaram o mundo”. Desde cedo, Alexander von Humboldt sonhava em ver países estranhos com os próprios olhos e pesquisá-los. Após a morte da sua mãe em 1796, ele dispôs de recursos financeiros para sair de viagem. Sua paixão pelas viagens o realizou durante toda a vida. Mesmo com a idade de 60 anos, ele partiu para uma ambiciosa expedição à Rússia, que o levou até à fronteira com a China.

4. Colecionador de dados apaixonado pela técnica

“Big Data” no século XIX: Humboldt era impulsionado pelo desejo de analisar o mundo, coletar dados e documentar seus conhecimentos. Para isso, ele levara nas suas viagens um grande número de aparelhos de medição, que ele catalogava com precisão. Do seu equipamento, sempre faziam parte os mais modernos aparelhos científicos da sua época. Na sua bagagem, entre outros, ele tinha termômetro, cronômetro, sextante, eletrômetro, hipsômetro e aparelhos galvânicos.

Alexander von Humboldt na sua biblioteca em Berlim
Alexander von Humboldt na sua biblioteca em Berlim dpa

5. Astro científico e influenciador

Hoje, muitos conhecem apenas a Universidade Humboldt em Berlim ou o pinguim que recebeu o seu nome, mas na sua época, Humboldt era um verdadeiro astro. No seu centenário de nascimento, foi inaugurado seu busto no Central Park em Nova York, e 25.000 pessoas participaram da festa. Charles Darwin entusiasmou-se com os relatos de viagem de Humboldt e, sem essa leitura, não teria embarcado no navio de pesquisas “Beagle”. Também Johann Wolfgang von Goethe mostrou-se entusiasmado: “Em oito dias, não se pode ler em livros, o que ele nos expõe em uma hora”.

Pinguim-de-humboldt em ação
Pinguim-de-humboldt em ação dpa

6. Resoluto precursor

“Só sou feliz, quando faço algo novo, e mais precisamente, três coisas ao mesmo tempo”. Apesar de não ter sido movido por “smartphone” ou Internet, Humboldt era famoso pela sua atividade infatigável. Ele pensava de maneira interdisciplinar em diversas direções e dimensões. Isso se reflete nos seus diários e anotações. Ele complementava os seus registros com esboços, mostras de plantas e anotações marginais posteriores.

Humboldt e Bonpland aos pés do vulcão Chimborazo
Humboldt e Bonpland aos pés do vulcão Chimborazo dpa

7. Forte. Fortíssimo. Humboldt.

Humboldt via a natureza como uma rede contínua, queria pesquisar todo o universo e não se deixava dissuadir pelas adversidades. Seu impulso de ação não se deixava conter nem por ele próprio. Assim, ele escalou o Chimborazo, então conhecido como o pico mais alto do mundo, sem equipamento profissional. Apesar de grave mal da montanha, ele logrou chegar quase ao cume do pico. Além disso, ele fazia experimentos em si próprio, dava choques em seu corpo para pesquisar a contração muscular.

Mais informações sobre Alexander von Humboldt e a oferta temática do momento

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here to: