Seguindo as pegadas da Bauhaus

100 anos depois da fundação da escola de arte Bauhaus na Alemanha, este estilo ainda continua vivo em muitas cidades. Mostramos as mais importantes delas.

Dessau
Dessau Tillmann Franzen, tillmannfranzen.com © VG Bild-Kunst, Bonn 2018

Alfeld an der Leine Agora, vamos em direção ao Oeste. Se bem que esta cidade na Baixa Saxônia seja caracterizada pelas casas de enxaimel, ela é conhecida pela construção de fábrica “Fagus-Werke”. Esta obra de Walter Gropius, em 1911, fez dele um arquiteto autônomo. Cem anos depois, essa construção original foi declarada patrimônio mundial da UNESCO.

A fábrica Fargus-Werke, em Alfeld
A fábrica Fargus-Werke, em Alfeld dpa

Weimar Foi aqui, na cidade de Goethe e Schiller, que começou a revolução desse design. Em 1919, o arquiteto Walter Gropius fundou em Weimar a escola Staatliches Bauhaus.  Artistas de renome internacional, como  Paul Klee, Wassily Kandinsky e Lászlo Moholy-Nagy, ensinaram na Bauhaus-Universität, projetada por  Henry van der Velde. O mais importante objeto da exposição de 1923 foi a casa modelo “Haus am Horn”, patrimônio mundial da UNESCO desde 1996. Mais coisas podem ser vistas no Bauhaus-Museum, na paraça Theaterplatz.

A Bauhaus-Universität de Weimar
A Bauhaus-Universität de Weimar dpa

Gelmeroda Este bairro de Weimar, está estreitamente ligado com Lyonel Feininger,  artista da Bauhaus. Podem-se seguir suas pegadas através da ciclovia Feininger-Radwanderweg, passando também pela igreja Feininger-Kirche, um dos mais prediletos temas do pintor alemão-norte-americano.

A igreja “Feininger-Kirche”, em Gelmeroda
A igreja “Feininger-Kirche”, em Gelmeroda dpa

Probstzella Difícil de pronunciar, mas um dos mais importantes complexos da Bauhaus da Turíngia, na Floresta da Turíngia, 70 quilômetros ao sul de Weimar. A “Haus des Volkes” construída pelo arquiteto Alfred Arndt, de 1925 a 1927, é completamente em estilo Bauhaus, até mesmo os móveis, os tecidos, as lâmpadas e as maçanetas.

A casa Haus des Volkes, em Probstzella
A casa Haus des Volkes, em Probstzella picture alliance

Jena Já bem cedo, os artistas da Bauhaus tinham descoberto nesta cidade um lugar de realização das suas ideias. Sendo uma cidade universitária, perto de Weimar, ela foi a primeira a abrigar uma obra arquitetônica baseada nas ideias da Bauhaus, o Stadttheater (1921 a 1922). Mesmo que esse complexo não exista hoje na forma planejada por Walter Gropius, os dois prédios, “Haus Auerbach” e  “Haus Zuckerkandl”, originalmente preservados e saneados  cuidadosamente, são testemunhas da Bauhaus em Jena.

A casa Haus Zuckerkandl, em Jena
A casa Haus Zuckerkandl, em Jena picture alliance / Arco Images GmbH

Dessau Um marco histórico da arquitetura modernista é o prédio da Bauhaus projetado por Gropius e inaugurado em 1926 em Dessau. Hoje, o “Bauhaus Dessau - Zentrum für Gestaltung” é novamente um lugar animado de design experimental, de pesquisa e ensino. Estes prédios em Dessau também foram projetados por Gropius e construídos em 1925/1926. Os vestígios da Bauhaus englobam tanto a “Kornhaus” como o “Historisches Artbeitsamt”, inclusive o povoamento em Bauhaus “Törten”, com os prédios “Konsumgebäude”, “Laubenganghäusern” e  “Stahlhaus”.

A Bauhaus de Dessau
A Bauhaus de Dessau dpa

Berlim O “Bauhaus-Archiv” de Berlim proporciona uma visão da mais importante escola de design, arquitetura e arte do século XX. Ele abriga a maior coleção mundial da história e influência da Bauhaus, da “laterna Bauhaus” e da “cadeira de aço dobrado”, de Marcel Breuer, até o “tapete Bauhaus”. Nesta cidade há outros exemplos da “nova construção”, como as casas de Gropius no Zehlendorfer Fischtal (1928) ou a última casa habitacional projetada por Mies van der Rohe na Alemanha, antes de ele ter emigrado para os EUA, a “Haus Lemke” (1933), no bairro berlinense Alt-Hohenschönhausen.

O Arquivo Bauhaus, em Berlim
O Arquivo Bauhaus, em Berlim Tillmann Franzen, tillmannfranzen.com © VG Bild-Kunst, Bonn 2018

Krefeld O complexo de mansões “Haus Lange” e “Haus Esters” (Ludwig Mies van der Rohe, 1927), em Krefeld, ainda é um impressionante representante das ideias da Bauhaus. Essas mansões gêmeas pertencem aos museus de arte dessa cidade na Região do Ruhr.

A casa Haus Lange, em Krefeld
A casa Haus Lange, em Krefeld Tillmann Franzen, tillmannfranzen.com © VG Bild-Kunst, Bonn 2018

Stuttgart No sul da Alemanha fica a conceituada povoação Weißenhofsiedlung, construída em 1927 pela aliança Deutscher Werkbund, sob a direção de Ludwig Mies van der Rohe. O museu Weißenhofmuseum de Stuttgart não só contém história da arquitetura, mas também um “objeto acessível” na casa geminada, projetada por Le Corbusier.

O Weissenhofmuseum de Stuttgart
O Weissenhofmuseum de Stuttgart Tillmann Franzen, tillmannfranzen.com © F.L.C. / VG Bild-Kunst, Bonn 2018