Aprender umas das outras

Com suas parceiras internacionais, as cidades alemãs estão se preparando para o futuro. Um relato de três projetos de cooperação.

Dresden: Espaço para o trânsito ecologicamente correto
Dresden: Espaço para o trânsito ecologicamente correto picture alliance/dpa/dpa-Zentralbild

Dresden e São Petersburgo: Transformação do trânsito

Por trás do título “TransVer” está a “transformação para um sistema de transporte urbano sustentável em Dresden e São Petersburgo, na Rússia” – e, portanto, um projeto que visa reduzir o uso de carros particulares, bem como a poluição sonora e atmosférica. Os métodos que estão sendo testados em Dresden também são para beneficiar a cidade parceira russa. Os especialistas trocam opiniões sobre temas como a mobilidade elétrica e os veículos movidos a hidrogênio. Olga Iakimenko do Centro Leontief do ICSER em São Petersburgo enfatiza que a rede de bondes de Dresden atende hoje aos mais altos padrões de desempenho e sustentabilidade: “Estamos muito interessados em aprender mais sobre esta transformação”.

Modelo: Bonde de Dresden
Modelo: Bonde de Dresden picture alliance/dpa/dpa-Zentralbild

Berlim e Jacarta: Digitalização da administração

Berlim e Jacarta são cidades parceiras desde 1994, e estão trabalhando juntas atualmente na digitalização da administração pública comunal. Na capital da Indonésia, Jacarta, um especialista da administração de Berlim está apoiando os parceiros indonésios na área de governo eletrônico – um tópico que está se tornando cada vez mais importante, em vista da crise do coronavírus. Jacarta já está bem avançada na implementação técnica dos projetos de digitalização administrativa, e Berlim pode beneficiar-se disso. A capital alemã é valorizada por seu cenário de fundadores de empresas e também pontua na Indonésia com sua rede de start-ups AsiaBerlin.

Heidelberg e Palo Alto: Ampliação do conhecimento

À primeira vista, elas parecem ser um par contraditório: Heidelberg, sede da universidade mais antiga da Alemanha, fundada em 1386, e Palo Alto nos EUA, um dos centros do Silicon Valley na Califórnia. Rapidamente se torna claro que as duas cidades parceiras são muito parecidas com os “think tanks”. Em 2013, elas assinaram o acordo “Smart City Alliance” para apoiar formalmente sua parceria estratégica nas áreas de cultura, economia, sustentabilidade e inovação. O Parque de Inovação de Heidelberg (hip) está sendo construído atualmente num antigo terreno do Exército dos EUA – uma área econômica focada em TI, mídia digital, design e bioinformática, que poderia um dia atrair start-ups dos EUA.

 

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: