Não faça isso!

Tipicamente alemão? Nove coisas que não são bem aceitas na Alemanha. Uma advertência com autoironia.

Certo e errado na Alemanha: Chegar atrasado? Isso é inaceitável
Certo e errado na Alemanha: Chegar atrasado? Isso é inaceitável stock.adobe.com/Dada Lin

Ser impontual

“Cinco minutos antes da hora é a pontualidade alemã”, diz um ditado. De fato, as datas, os compromissos, os horários de trem ou até mesmo os encontros pessoais possuem na Alemanha o peso de um juramento sagrado. Chegar tarde configura uma contravenção de quebra de contrato. A menos que você tenha uma razão realmente boa. Porém, um atraso é aceitável para a maioria, se for avisado antes.

Fazer barulho

A vida é barulhenta. Em todas as partes, também na Alemanha. Mas aqui, o barulho tem horário de expediente. Qualquer um se faz altamente malquisto, se – entre 22 e 7 horas, no horário do almoço ou nos domingos e feriados – cortar a grama do jardim, utilizar a furadeira elétrica ou convidar a banda “heavy metal” do sobrinho de 16 anos para ensaiar em casa. Única exceção: se o barulho é feito por crianças, isso é tido como “socialmente adequado”.

Fazer visita espontânea

Você nunca deve visitar alemães sem avisar antecipadamente – a menos que seja para advertir o vizinho que sua casa está pegando fogo. Os alemães gostam de estar sempre preparados, tanto interna como externamente. Eles gostam da boa sensação de ter feito todos os preparativos, com quantidades suficientes de café em casa, além de bom estoque de tortas e da casa bem arrumada, que não parece o universo logo depois do “Big Bang”.

Atravessar a rua com sinal fechado

Mesmo que não se aviste nenhum carro, mesmo ao longe, e independente de quanto tempo demora: é melhor ficar parado, quando o semáforo está no vermelho. Principalmente quando há pais com seus filhos nas proximidades. Eles ficam muito ofendidos com o mau exemplo para as crianças. Além disso, através a rua com o sinal fechado é também uma infração da lei. Com certeza, perto do semáforo haverá algum guardião voluntário da ordem pública que lhe vai advertir com xingamentos.

Chamar por telefone à noite

Telefonemas depois das 20 horas são tidos como perturbação dos costumes noturnos que, para os alemães, estão apoiados sobre três: jantar, sofá e televisão. Os piores de todos os momentos para uma chamada telefônica são no sábado, entre 18 e 19 horas, quando está sendo transmitida a resenha esportiva, e no domingo entre 20.15h e 21.45h, quando é mostrado o mais recente episódio da série criminal “Tatort”. A propósito: acompanhado de muitos comentários na mídia social, de postagens no WhatsApp, Instagram, Facebook, o que é considerado em ordem na Alemanha a qualquer hora do dia ou da noite.

Não respeitar a separação do lixo

Para a separação de lixo na Alemanha existem regras mais rigorosas que as de um convento. Ai de quem descarta papel velho na lata de lixo orgânico. Em regulamentos de várias páginas, enumera-se que tipo de lixo deve ser jogado em que lata, que saco ou em qual contêiner. As regras rigorosas compensam: a Alemanha é campeã mundial em reciclagem de lixo.

Brindar sem olhar nos olhos

Em outros países, a gente levanta a taça e faz um brinde de maneira bem ingênua. Não na Alemanha. Aqui, há que se brindar olhando nos olhos da outra pessoa, do contrário fica-se ameaçado de ter azar no amor. Também é tido como mau agouro, quando várias pessoas cruzam os seus brindes. Entrementes até mesmo nos círculos de negócios.

Estacionar na ciclovia

A Alemanha pode ser o país dos carros, mas os ciclistas estão conquistando as cidades. Motoristas que estacionam em ciclovias, têm de contar com arranhões na pintura do carro. E pedestres que bloqueiam a ciclovia podem esperar duros xingamentos.

Perguntar “como vai você?”

O bate-papo informal não é uma competência alemã. Aqui vai-se direto ao assunto. Perguntar como a pessoa tem passado, que é entendido como um chavão simpático, por exemplo nos EUA, é tomado pelos alemães como uma oportunidade para desabafar. Sobre os problemas dos filhos na escola, a hérnia do sogro, a miserável situação do mundo de maneira geral. Ou seja, planeje tempo suficiente, sem você realmente quiser saber: como vai você?

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: