Acesso ao mercado de trabalho

Duas mulheres conduzem refugiados às profissões de assistência. Sua empresa social foi agora agraciada com o “Special Impact Award”.

Bonner Verein für Pflege- und Gesundheitsberufe - Birgit Schierbaum and Shilan Fendi

Alemanha. A assistência às pessoas idosas – para muitos refugiados e imigrantes na Alemanha, essa é uma tarefa que jamais haviam cogitado antes como profissão. Nos seus países de origem, os pais e avós geralmente são cuidados pelas famílias, não existem asilos de velhos. A profissão, até então desconhecida para eles, pode tornar-se agora uma chance. Pois a evolução demográfica na Alemanha, com uma população cada vez mais velha, aumenta a demanda de assistência aos velhos. Muitos empregos estão vagos.

Entra em jogo aqui o projeto “Bem-vindos à assistência!”. Ele foi iniciado em 2016 por Birgit Schierbaum e Shilan Fendi. No prazo de três anos, elas pretendem inicialmente preparar cerca de 100 pessoas para a profissão de assistência, por exemplo através de cursos de idioma e de estágios práticos. A oferta foi aceita sobretudo por homens e mulheres solteiras do Afeganistão, da Síria e do Iraque. 

Fundação KfW-Stiftung e Social Impact 

Durante seu engajamento voluntário pelos refugiados, Birgit Schierbaum teve a ideia do projeto. Profissionalmente, ela trabalha na Associação das Profissões de Assistência e de Saúde em Bonn. Shilan Fendi fugiu como criança do Norte do Iraque. Ela tem uma formação como enfermeira e um diploma de Master em Pedagogia de Assistência. “Somos especialistas em assistência”, afirma Schierbaum. “Nós ensinamos a profissão e a especialização. Os refugiados não devem só fazer trabalhos de servente, mas sim obter chance de promoção e de continuar se desenvolvendo”. 

Com a ajuda do programa de bolsas “Recém-chegados. Perspectiva na Alemanha”, as duas mulheres puderam concretizar a sua ideia. O programa é incentivado pela  fundação KfW-Stiftung e implementado em cooperação com a agência Social Impact. Ele está voltado para empresas sociais, que ajudam os refugiados a integrarem-se na sociedade e no mercado de trabalho. Os especialistas da Social Impact assessoram os bolsistas na criação das suas empresas, pondo à sua disposição a rede de contatos e o espaço operacional. 

O projeto “Bem-vindos à assistência!” recebeu agora um prêmio especial – o Special Impact Award. Entre todos os bolsistas “Recém-chegados”, um júri especializado selecionou os seis melhores projetos para a final. Os vencedores recebem 20.000 euros para os seus projetos. Schierbaum e Fendi já têm muitas ideias de como poderão aproveitar o dinheiro. Entre outras coisas, elas pretendem criar uma creche para os filhos de participantes de seu projeto. 

© www.deutschland.de