Por um mundo com acessibilidade

A associação berlinense “Sozialhelden” luta por lugares públicos sem barreiras.

dpa/blickwinkel - Wheelmap

Para pessoas com limitações de mobilidade, o dia a dia torna-se às vezes difícil: estações de metrô sem elevador, degraus na porta de restaurantes e cafés, corredores muito estreitos nos supermercados. E muito raramente existem toaletes apropriados para cadeirantes. A associação de utilidade pública “Sozialhelden” (“Heróis Sociais”) de Berlim assumiu, há cinco anos, o problema e desenvolveu um mapa digital de lugares apropriados para cadeirantes, no site wheelmap.org. O aplicativo está disponível como app gratuito para smartphones, em 22 línguas. Até hoje foram avaliados cerca de 600.000 lugares públicos, dois terços dos quais encontram-se na Alemanha.

 

“MapMyDay” em 3 de dezembro

 

“Estamos orgulhosos de que tantas pessoas usem entretanto o Wheelmap”, diz Jonas Deister, gerente da “Sozialhelden”. “Quanto mais gente compartilhar seu conhecimento com os outros, tanto mais gente tirará proveito disto”. A fim de incentivar a consciência da acessibilidade no dia a dia, a associação conclama, em conjunto com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a um evento especial de mapeamento: em 3 de dezembro de 2015, o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, terá início mundialmente a campanha “MapMyDay”, que está voltada tanto para os pais com carrinhos de bebê, como para as pessoas com muletas ou andador. Com a ajuda do Wheelmap, todas as pessoas podem compartilhar seu conhecimento sobre lugares adequados para cadeirantes. E isto é muito simples: baixar o app, buscar a localização desejada e escolher entre “inteiramente, parcialmente ou de modo algum adequado para cadeirantes”.

“Uma ou outra avaliação negativa já fez o efeito desejado”, relata Deister. “No âmbito de uma ação de doações, demos 400 rampas móveis de presente a lojas, cafés e restaurantes que não eram acessíveis para cadeirantes. Muitos outros negociantes gostaram disto e também adquiriram uma rampa”. As encomendas vêm entretanto até mesmo da Áustria e da Suíça. Aos organizadores do Wheelmap agrada especialmente o engajamento de jovens. Em Böblingen, no Estado de Baden-Württemberg, por exemplo, 30 escolas reuniram-se para mapear todos os lugares importantes da sua cidade, no transcurso de um ano. “Indiferentemente se sozinho ou em grupos, com o ‘MapMyDay’, queremos incentivar as pessoas em todo o mundo a se tornarem parte deste movimento e a transformarem algo ativamente”, afirma Jonas Deister.

 

Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, em 3 de dezembro de 2015

 

www.wheelmap.org
www.mapmyday.org/de
https://www.facebook.com/mapmyday/
http://sozialhelden.de/

© www.deutschland.de