Feira dos móveis aposta na sustentabilidade

Entre as tendências apresentadas por expositores internacionais da IMM em Colônia também fazem parte os móveis interligados em rede digital.

Möbelmesse setzt auf Nachhaltigkeit
dpa

Colônia (dpa) – Colônia é mais uma vez a capital dos sofás, camas e armários de cozinha: no parque de exposições abriu seus portões na segunda-feira a Feira Internacional de Mobiliário IMM Cologne. Durante uma semana, expositores nacionais e internacionais apresentam as suas tendências para o ano 2020. Como em diversos outros setores, o tema da sustentabilidade está também aqui em foco.

No ano passado, os fabricantes alemães de móveis venderam um pouco menos que no ano anterior. Segundo a Federação da Indústria Alemã de Mobiliário, o faturamento da indústria de móveis no ano de negócios de 2019 esteve provavelmente em torno de 18 bilhões de euros e assim cerca de 0,6 % menos do que um ano antes.

Na Feira Internacional de Mobiliário, os produtores ressaltam, ao lado da sustentabilidade, também o tema da chamada “smart home”, com móveis interligados na rede digital. Além disso, as firmas valorizam cada vez mais os móveis que atendem as necessidades das gerações mais velhas. Cerca de 1200 expositores, metade dos quais vinda do exterior, apresentam as suas novidades para o público especializado do setor e para os demais interessados. Quantos visitantes virão a Colônia para a feira não é possível prever em virtude da tensa situação na política internacional, afirmou um porta-voz da Feira de Colônia.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de