Mais apetite por produtos orgânicos

A indústria orgânica vem crescendo há anos. Na crise do coronavírus, ainda mais pessoas estão prestando atenção a alimentos saudáveis, regionais e sustentáveis. 

Mehr Appetit auf Bio
dpa

Nuremberg (dpa) – Uma maior consciência de saúde, regionalidade e sustentabilidade reforçou o apetite por alimentos orgânicos durante a crise do coronavírus. Em particular, as caixas com produtos orgânicos reservados de antemão experimentaram um aumento explosivo, que em alguns casos superou os limites de capacidade.

Pouco depois do primeiro «lockdown», a loja on-line entrou em colapso com o excesso de pedidos, e por um tempo não pôde aceitar nenhum novo cliente, informou Franziska Rutscher da Ökodorf Brodowin em Eberswalde, no Estado de Brandemburgo, que abastece Berlim e os arredores com seu cesto orgânico.

Também a «Caixa de Vegetais Rolantes», de Augsburg, está recebendo atualmente tantos pedidos que não pode atender a todos imediatamente, de acordo com suas próprias informações. Eles estão em processo de expansão de suas capacidades, informam na sua página da internet.

A Associação da Indústria de Alimentos Orgânicos (BÖLW) quer apresentar números exatos sobre o mercado de orgânicos em 2020 nesta quarta-feira, na coletiva de imprensa da abertura on-line da maior feira de alimentos naturais do mundo, a Biofach. Durante anos, a indústria vem registrando uma tendência de crescimento que, segundo BÖLW, tem prosseguimento mesmo durante a crise do coronavírus.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de