Merkel: Lutar contra o terrorismo com «força resoluta»

Após os sangrentos atentados em Dresden, Paris, Nice e Viena, a Alemanha, a França e a Áustria planejam uma iniciativa conjunta contra o terrorismo islâmico. 

Merkel: Kampf gegen Terror mit „entschiedener Stärke“
dpa

Berlim/Paris (dpa) – A chanceler Angela Merkel (CDU) se pronunciou a favor de uma resoluta luta internacional contra o terrorismo islâmico. Atentados como os recentes em Dresden, Paris, Nice e Viena são «ataques à nossa sociedade livre, ao nosso modo de vida», declarou Merkel. Numa videoconferência na terça-feira, a chefe do governo alemão conversou com o chanceler austríaco Sebastian Kurz, o presidente francês Emmanuel Macron, o primeiro-ministro holandês Mark Rutte, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Conselho da UE, Charles Michel, sobre uma luta mais eficaz contra o terrorismo. «Não se trata de um confronto entre o Islã e o Cristianismo». Em vez disso, trata-se de que o modelo democrático de sociedade que tem que enfrentar o comportamento terrorista e antidemocrático, «e fazê-lo com grande seriedade e força resoluta», salientou Merkel.

Mais informações em: Paz e Segurança na Alemanha

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de