Merkel recebe o Prêmio Europeu de Direitos Civis

Durante anos, a chanceler defendeu os interesses dos Sinti e dos Roma – pelos quais ela agora está sendo homenageada. Ela repassará imediatamente o dinheiro do prêmio. 

Merkel erhält Europäischen Bürgerrechtspreis
dpa

Mannheim (dpa) – A chanceler alemã Angela Merkel recebeu na quarta-feira o Prêmio Europeu dos Direitos Civis dos Sinti e dos Roma por seu compromisso com os direitos dos Sinti e dos Roma. Ela entende o prêmio como um chamado e um incentivo para continuar a defender os interesses das minorias, disse a democrata-cristã na cerimônia digital de premiação em Mannheim. O prêmio está ligado a uma mensagem clara a todos para se oporem ao anticiganismo – «neste país e em toda a Europa», enfatizou ela. Merkel disse ser uma vergonha que essa minoria ainda sofra, também na Alemanha, de preconceito e exclusão. «Não devemos ignorar isto». 

«A chanceler prestou excelentes serviços à minoria e se posiciona como ninguém por uma Europa aberta e democrática, comprometida com o Estado de Direito», disse o chefe do Conselho Central dos Sinti e Roma alemães, Romani Rose (foto). Sua franqueza é admirada por muitas pessoas, especialmente por Sinti e Roma. Segundo o desejo de Merkel, metade dos 15.000 euros do prêmio será destinada à Grünbau GmbH de Dortmund, que se empenha pela ajuda de vizinhança com e para Sinti e Roma na cidade, mas também organiza projetos para eles, por exemplo, na Bulgária. A outra metade do dinheiro deverá ser destinada à rede internacional de jovens ciganos «ternYpe». 

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de