“Partida para a terceira dimensão”

Entregar encomendas com drone, evitar engarrafamento com táxi aéreo – o ministro dos Transportes Scheuer apresenta um plano de ação.

„Abflug in die dritte Dimension“
dpa

Berlim/Frankfurt (dpa) – Os pacotes chegam com drone, remédios são transportados por via aérea e o táxi aéreo urbano flutua sobre o engarrafamento: isso pode tornar-se realidade em breve. De qualquer forma, o governo federal alemão tem grandes expectativas nos «sistemas não tripulados de transporte aéreo» como novas formas de tráfego. Com um plano de ação, o governo pretende dar impulso ao seu desenvolvimento para um emprego no dia a dia. A Alemanha deve tornar-se a pioneira internacional no setor. Na quarta-feira, o ministro dos Transportes, Andreas Scheuer, mostrou-se confiante de que, por exemplo, um envio de encomendas por drone já será possível em três anos. Contudo, há ainda muitas questões em aberto, por exemplo no contexto jurídico.

Apesar disso, o Ministério dos Transportes já fala de uma «partida para a terceira dimensão». Na exposição do seu plano de ação, Scheuer fez no jardim do Ministério em Berlim a apresentação de voo de um drone que, em fase de testes, já transporta encomendas medicinais por via aérea. São metas ambiciosas: da fase de testes de até agora, o governo federal quer passar o mais rápido possível para um emprego regular do «UAS», o sistema aéreo não tripulado – mais conhecido como drone. A Alemanha deverá tornar-se o principal mercado internacional e não deixar a área ser dominada pela concorrência da Ásia. O governo federal alemão quer introduzir altos padrões de segurança, devendo ser protegidos os dados relacionados com pessoas e a esfera privada dos cidadãos.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de