Por uma solução política na Líbia

Agravou-se a crise permanente na Líbia. Com os parceiros da UE, o ministro alemão de Relações Externas, Heiko Maas, tenta moderar a situação.

Für politische Lösung in Libyen
dpa

Bruxelas (dpa) – No contexto dos esforços pelo fim da violência na Líbia, o ministro alemão de Relações Externas, Heiko Maas, pretendia encontrar-se em Bruxelas, nesta quarta-feira, com o chefe de governo internacionalmente reconhecido, Fayez al-Sarraj. Isso foi comunicado por diplomatas da UE. Também para a quarta-feira, estava planejado um encontro de al-Sarraj com o presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli.

Já na terça-feira, Maas havia anunciado uma nova tentativa de mediação. Com os parceiros da UE, ele acertou «que deveria, a partir de amanhã, ser mantidas conversações com as partes envolvidas na Líbia, a fim de criar as condições prévias para possibilitar uma solução política na Líbia», afirmou ontem o político socialdemocrata, após um encontro com os colegas da UE em Bruxelas.

No contexto do chamado Processo Berlinense, o governo federal alemão esforça-se, há meses, em prol de uma solução política para a Líbia. Após o encontro de Bruxelas, os participantes anunciaram seu apoio a isso, numa declaração conjunta. Foi reivindicada uma trégua imediata, o rigoroso cumprimento do embargo de armas contra a Líbia e um fim da imiscuição externa.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de