Sete fatos sobre Karl Marx

200 anos de Karl Marx. Estes fatos explicam porque o pensador alemão ainda continua fascinando as pessoas de todo o mundo. 

Pronta para um grande aniversário – a escultura de Marx em Trier
Pronta para um grande aniversário – a escultura de Marx em Trier dpa

Alemanha. Visionário da justiça, crítico do capitalismo, jornalista militante e economista profundo. Karl Marx (1818-1883) continua atraindo as pessoas até hoje, de Trier até os EUA e a China. Sete fatos sobre uma vida que produziu grande efeito:  

O internacional

O jovem jornalista Karl Marx é expulso de Paris em 1845, pois a Prússia tinha pressionado a França por causa dos escritos revolucionários de Marx. Este abdica da sua nacionalidade prussiana, permanecendo apátrida até o fim da sua vida. Depois de viver em Bruxelas e Colônia, ele vai para Londres em 1849, onde vive até a sua morte. Seu túmulo no cemitério de Highgate atrai, até hoje, pessoas de todo o mundo.

Um ícone para muitas pessoas. Karl Marx em um retrato de 1880.
Um ícone para muitas pessoas. Karl Marx em um retrato de 1880. dpa

Cidadão de Trier

Marx nasce em Trier, às margens do Mosela, em 5 de maio de 1818. Ele cresce e frequenta a escola nessa cidade. Trier, muito longe da Berlim severamente prussiana e perto da França caracterizada pela revolução, é, segundo Jürgen Neffe, biógrafo de Marx, uma “cidade bem ideal” para o amadurecimento do grande pensador.

Marx e o comunismo

Karl Marx e Friedrich Engels publicam em 1848 o “Manifesto do Partido Comunista”. Suas teorias têm por objetivo a sociedade livre de classes e de domínio, o que é até hoje um ideal de justiça para muitas pessoas, mas, para outras, uma fonte de uma nova opressão comunista. 

Marx e o capitalismo

Em 1867 é publicado o primeiro volume de “O Capital”. O segundo e o terceiro volumes são publicados após a morte de Marx. Segundo o economista Rudolf Hickel,  essa “crítica fundamental ao capitalismo, cuja característica é  a exploração, o empobrecimento e o fracasso duradouro”, é já há muito tempo uma obra clássica por causa da sua profundidade analítica. Ao mesmo tempo, o capitalismo do ponto de vista de Marx não pode ser comparado com as condições de produção em sociedades democráticas baseadas no Estado de direito.

O recordista de vendas

As publicações de Karl Marx têm uma excelente cota de vendas. Só do “Manifesto do Partido Comunista” foram vendidos 500 milhões de exemplares, o que o coloca no 4º lugar dos mais vendidos livros de todos os tempos. Tanto o “Manifesto” como “O Capital” estão tombados na lista de  patrimônios mundiais documentais da UNESCO. 

O muito citado

Seja escrevendo sobre a religião como sendo o “ópio do povo” ou exigindo: “Proletários de todo o mundo, uni-vos!”, as frase de Karl Marx ainda continuam ecoando até hoje. Uma frase para a eternidade foi: “A existência determina a consciência”, uma formulação um tanto livre segundo o volume “A Ideologia Alemã”.

 

O festejado

O mundo volta sua atenção para Trier, que em 2018 comemora o 200º aniversário do seu filho mais famoso, apresentando, entre outras, uma monumental exposição sobre Karl Marx. A República Popular da China enviou um monumento controverso. E, nos EUA, as notas bancárias, que deveriam ser lembrancinhas, causaram sensação. Certo é que a pessoa Marx continua fascinando até hoje.

© www.deutschland.de