Avançar digitalmente na educação

Imaginativas e inovadoras: apresentamos aqui três “start-ups” da Alemanha, bem-sucedidas no setor da educação.

Aprendendo no computador e sobre ele
Aprendendo no computador e sobre ele Halfpoint - stock.adobe.com

Pequenas aventuras para crianças

Abrindo novos mundos para as crianças e tornando possíveis pequenas aventuras: Essa é a missão da firma desenvolvedora de aplicativos e jogos infantis Fox & Sheep, sediada em Berlim. A empresa é muito bem-sucedida até agora, com mais de 30 milhões de “downloads” de aplicativos e vários prêmios. Os aplicativos são projetados para crianças de dois a oito anos de idade, de modo que mesmo os mais jovens são introduzidos no mundo digital. Os programadores se veem expressamente como um complemento do mundo real: no aplicativo “Little Fire Brigade”, as crianças podem resgatar animais e apagar incêndios, mas também explorar o quartel do corpo de bombeiros. A Fox & Sheep foi fundada em 2012 por Verena Pausder e Moritz Hohl.

Ensinando habilidades de TI

A escola de tecnologia sem fins lucrativos ReDI School of Digital Integration ensina habilidades de TI. Está dirigida principalmente aos refugiados, mas também às pessoas interessadas em TI e aos iniciantes neste campo. Os cursos são gratuitos e, em sua maioria, em inglês. A escola também abre para seus alunos a perspectiva de construir redes profissionais no setor de tecnologia. Ela foi fundada em Berlim em 2016, e há filiais em Munique, Copenhague, Düsseldorf e Duisburg. A cofundadora e CEO Anne Kjaer Bathel recebeu o prêmio German Start-up como melhor empresária social feminina em 2020.

Preparação digital para o certificado colegial

Quando as escolas fecharam na Alemanha por causa da pandemia do coronavírus, em março de 2020, estava prestes a ser realizada a prova final para o certificado colegial (“Abitur”). Samir Roshandel decidiu ajudar os diplomandos com uma plataforma digital de aprendizagem. Esse foi o início do portal “Bildungshelden.net”. Com a ajuda dos cofundadores Mahmoud Madani e Emre Cengiz, foi criado rapidamente o “website”, através do qual os alunos podem fazer cursos on-line. Por que Roshandel quer ajudar? A motivação vem do seu próprio currículo. Ele tinha doze anos quando fugiu do Afeganistão com sua família. Hoje, está na casa dos trinta anos, formou-se no ensino médio na Alemanha e mais tarde estudou no Canadá e na China, entre outros lugares.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: