DFG – Os fomentadores 
da ciência

A Comunidade Alemã de Pesquisa, maior organização de incentivo da pesquisa na Europa, apoia cerca de 30000 projetos por ano.

O quadro de pessoal com apenas 750 funcionários faz 
a Comunidade Alemã de Pesquisa (DFG) parecer uma anã entre as gigantes organizações científicas alemãs. Mas as aparências enganam. A DFG é não apenas a central da autogestão científica, mas administra também a pesquisa alemã, como maior fomentadora da pesquisa na Europa. Quando um arqueólogo quer fazer escavações no exterior ou um físico quer 
testar sua teoria, mas seus projetos não podem ser financiados com recursos dos próprios institutos, a DFG cobre 
então a lacuna, depois de examinar cuidadosamente o requerimento. A DFG pode apoiar tanto a compra de um equipamento dispendioso, como a viagem 
de pesquisadores para congressos ou contatos com colegas da área. Em setores especiais de pesquisa, a DFG reúne cientistas de diversas instituições e disciplinas em projetos conjuntos. A entidade está entretanto presente em todo o mundo, com representações na China, Japão, Índia, Rússia, Américas do Norte e Latina, além da sua central em Bonn.

www.dfg.de