Entdecke DE: Circuitos de prova para todos

Com a série “Entdecke.DE”, fazemos uma viagem através de toda a Alemanha: desta vez, famosos circuitos de prova alemães, que oferecem sensações especiais a todos.

dpa/Stephanie Pilick - Tempelhofer Feld

Nürburgring

Curvas imprevisíveis, espigões traiçoeiros, encostas íngremes: desde a sua inauguração em 1927, a Nordschleife (rota norte) do Nürburgring na Renânia-Palatinado goza de uma fama legendária como trajeto impiedoso em meio à paisagem montanhosa do Eifel. O tricampeão mundial de Fórmula-1, Jackie Stewart, denominou o circuito florestal até mesmo de “inferno verde”. Hoje, também os ciclistas e os corredores podem gozar ali os esforços do seu passatempo: por exemplo, no evento “Rad & Run”, com uma corrida de bicicletas de 24 horas de duração e uma corrida a pé de 24 quilômetros. Ou também na corrida de obstáculos denominada “Fisherman’s Friend StrongmanRun”. Os encontros regulares de bicicleta ou a pé são, aliás, o melhor preparativo para todos, que desejam vivenciar de perto o mito do Nürburgring.

 

Hockenheimring

Uma cidadezinha de Baden-Württemberg num frenesi de velocidade: em 1932, começaram as corridas automobilísticas em Hockenheim, o que trouxe fama mundial ao lugarejo no Kurpfalz. Ao lado de eventos do esporte motorizado, também são realizadas ali competições de ciclismo e de pedestrianismo. Assim, por exemplo, a Copa das Empresas da BASF, que está entre os maiores eventos deste tipo na Alemanha, contando com cerca de 15.000 participantes de cerca de 750 empresas. De abril até setembro, a “Skate Date” atrai regularmente ao circuito os adeptos de “skate”, de “handbike” e outros desportistas amadores.

 

EuroSpeedway

O circuito EuroSpeedway, na região de Niederlausitz, tirou seu nome inglês do circuito oval de alta velocidade (“Superspeedway”), único na Europa continental. Na “Blade Night”, entre junho e agosto, os adeptos dos patins em linha e os ciclistas podem percorrer regularmente sobre suas próprias rodas o trajeto de Grande Prêmio e o circuito Superspeedway, de duas milhas. Quem possui seu próprio equipamento ou veículo de rodas, pode aproveitar então unidades de treinamento no circuito do Lausitz, inteiramente sem as limitações através do trânsito diário nas ruas.

 

Berlim Tempelhof

Um caso especial entre os circuitos alemães de corridas é o do antigo aeroporto de Tempelhof. Desde a temporada de 2014/15, ele oferece um percurso para a Fórmula-E. Vento, em vez de eletricidade, é o que move as pranchas terrestres de “Kiteboarding”, “Windskate” e “Strandskate”, cujas velas coloridas se tornaram um novo símbolo das instalações de Tempelhof. Com a ajuda do vento, eles deslizam em pranchas de rodas ou em “buggies” de três rodas sobre o asfalto. O trecho é composto de 17 curvas e conduz, em sentido anti-horário, pelas pistas do antigo aeroporto. Uma área tão grande de “Kitesurf”, no centro de uma metrópole, é algo único.

 

www.nuerburgring.de

www.hockenheimring.de

www.lausitzring.de

www.thf-berlin.de

© www.deutschland.de