“Entdecke.DE”: A cidade da literatura Leipzig

Com a série “Entdecke.DE”, fazemos uma viagem através de toda a Alemanha: desta vez, vamos à cidade da literatura Leipzig.

Stefan Hoyer/Leipziger Messe GmbH - Leipzig
Stefan Hoyer/Leipziger Messe GmbH - Leipzig Stefan Hoyer/Leipziger Messe GmbH - Leipzig

Leipzig é a cidade da literatura. Ontem e hoje. Já em 1481 havia ali uma tipografia e, às margens do Pleisse, surgiu no século 18 a ideia de trocar livros por dinheiro, em 1825 foi fundada ali a Associação da Bolsa do Comércio Livreiro Alemão. A Biblioteca Nacional Alemã, a Biblioteca Albertina e o Instituto Alemão de Literatura estão em casa aqui. E também muitos outros, principalmente jovens criativos, pois na metrópole saxônica os aluguéis são módicos – sem comparação com Berlim, Hamburgo ou Munique. Leipzig conta com mais de 100 autores e mais de 60 editoras. Aqui, textos pouco usuais são publicados na revista literária “Edit.Papier”, na revista “poet”, publicada pelo Poetenladen, e na série antológica “Poesiealbum neu” da Sociedade de Poesia Lírica Contemporânea.

Na primavera, a Feira do Livro de Leipzig é o apogeu e o ponto de encontro para os adeptos dos livros. 150.000 editores, autores, jornalistas e leitores reúnem-se aí. E toda a cidade festeja a diversidade da literatura com “Leipzig lê”, a maior festa de leitura da Europa. Com o mapa da cidade nas mãos atravessa-se toda a Leipzig, uma excursão turística diferente: bancos, cafés, escolas e galerias convidam para leituras públicas e exposições. Nos prédios pomposos do centro, na área cultural da Südvorstadt ou no Oeste da cidade, entretanto em moda com os bairros Plagwitz e Lindenau.

Após a leitura pública, uma cerveja na “Karli”

E depois é a hora do “Après-Literatur”: rumo a chique viela Barfussgässchen para tomar um coquetel ou a um bar alternativo da “Karli”, a rua Karl-Liebknecht-Strasse, para tomar uma cerveja. Durante o dia, as discotecas e bares da moda no Oeste da cidade são disfarçados às vezes de ateliê, às vezes de loja de bicicletas. Leipzig se reinventa e permanece sendo um lugar da cultura – como já era há séculos.

www.leipzig.travel

www.leipzig.de

www.leipziger-buchmesse.de

© www.deutschland.de