Arte de manufatura

Diversidade de formas, cores e conhecimentos específicos. Três manufaturas alemãs que arrebatam as pessoas em todo o Globo.

Trabalho artístico na manufatura de porcelana de Meissen
Trabalho artístico na manufatura de porcelana de Meissen dpa

A Alemanha é um moderno país industrial e de tecnologia de ponta, mas tem também  um grande número de manufaturas tradicionais, nas quais é dado muito valor ao verdadeiro trabalho manual e à grande maestria.

Nomos Glashütte – a maior manufatura de relógios da Alemanha

O escritor norte-americano Gary Shteyngart sentiu um “silêncio de mosteiro” quando visitou, há alguns anos, a fábrica de Nomos Glashütte. Ele voltou de lá inspirado: “Em Nomos ainda se celebra a dignidade do trabalho”, escreveu ele em 2017, em uma contribuição para o semanário New Yorker, louvando  essa manufatura em Glashütte, na Saxônia, como um lugar de produção criativa. Nenhuma outra empresa da Alemanha fabrica tantos relógios! E isto, com uma enorme precisão de manufatura. Já podem passar vários anos até que um relógio fique pronto!

Trabalho manual preciso na Nomos Glashütte
Trabalho manual preciso na Nomos Glashütte dpa

Meissen – a mais velha manufatura de porcelana da Europa

A porcelana de Meissen precisa de “Former” (modelador) que trabalhe com precisão, de “Bossierer” (desenhista) que modele com perfeição artística e até mesmo de “Schwerter” (espadachim). É assim que são chamados os pintores especializados que desenham à mão, em xícaras, pratos, terrinas e muito mais peças de serviço, as duas espadas cruzadas em azul cobalto, a marca registrada da empresa. Essa manufatura de porcelana foi fundada em 1710 na Saxônia. Única no mundo é a diversidade de formas estilísticas usadas pelos artesãos. Uma grande parte delas ainda foi preservada até hoje, através dos séculos. O laboratório de cores dessa manufatura também está preparado para o futuro, pois ainda continua produzindo novas tonalidades de cor.

Desenhista trabalhando na manufatura de porcelana de Meissen
Desenhista trabalhando na manufatura de porcelana de Meissen dpa

Glashütte Lamberts – líder mundial de vidro plano soprado à mão

“Parece ser uma dança, na qual cada um tem de saber onde está o seu parceiro”, disse Robert Christ, procurador da Glashütte Lamberts, no Alto Palatinado, falando de um trabalho bem coreografado perto do calor intenso do forno. Muitas habilidades manuais são necessárias, até que uma massa mole de vidro se torne um vidro plano, cobiçado no mundo todo. Atualmente, a Glashütte Lamberts está produzindo o vidro para o mostrador do Big Ben, o relógio da torre de Londres. O vidro de Lamberts já vem ornamentando a catedral de Colônia há muito tempo, ou também o Rockefeller Center de Nova York ou a estação do aeroporto do metrô de Shenzhen, na China. Existem somente outras duas fábricas de vidro que produzem vidro soprado à mão: uma na França, outra na Polônia. Incomparável é a variedade de mais de 5 000 cores diferentes, nas quais o vidro de Lamberts é fabricado.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: