Alemanha, campeã mundial de inovação

A Alemanha é o pais mais inovador do mundo. Isto não é um autoelogio. Quem o diz é o Fórum Econômico Mundial. Mas também há pontos fracos.

Homem e máquina. Tateando o futuro
Homem e máquina. Tateando o futuro dpa

No competente Relatório sobre Competitividade Global de 2018, do Fórum Econômico Mundial, a Alemanha está na liderança quanto às inovações. Na avaliação geral, a Alemanha está em 1º lugar na Europa e em 3º lugar do mundo, depois dos EUA e de Singapura. 

O que o Relatório sobre Competitividade Global avalia?

O Relatório sobre Competitividade Global do Fórum Econômico Mundial avalia 140 países em doze pontos. Os critérios do relatório de 2018 foram adaptados à atualidade, dando mais importância à  inovação.

Por que a Alemanha é o pais mais inovador?

 “Atualmente, a Alemanha é líder em inovação, graças também à rapidez com que ela desenvolve novas tecnologias, como a de carros sem motorista”, diz o texto da avaliação. Nenhum outro país domina tão bem o processo da transformação de uma ideia em produto. Ao lado da capacidade de inovação, a estabilidade econômica da Alemanha é também excepcional, por causa do baixo índice de inflação e dívidas.

Quais são os pontos fracos?

O relatório também enumera os fracos detalhadamente. Quanto à  tecnologia de informação e telecomunicação, a Alemanha está internacionalmente em 31º lugar, principalmente devido à infraestrutura deficiente de banda larga. Por esta razão, o governo federal está impulsionando intensamente a ampliação da rede.

Qual é a posição dos concorrentes?

Os EUA ganham pontos no mercado de trabalho, no sistema financeiro e na cultura empresarial, estando em 1º lugar nessas categorias. Singapura está bem na frente quanto à infraestrutura, à saúde e aos produtos finais. No ranking total, a França está em 17º lugar, mas está entre os dez melhores na infraestrutura, na saúde e na amplitude de mercado.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: