Iniciativas berlinenses por tolerância e pluralidade religiosa

Exemplo de Berlim: na capital alemã vê-se de forma especialmente clara, como as pessoas na Alemanha se empenham por tolerância e pluralidade religiosa

dpa/Paul Zinken - Model «House of One»

O hóspede de Nova York ficou entusiasmado. Quando Walter Ruby, diretor de Programação da Foundation for Ethnic Understanding (FFEU), esteve em Berlim há algumas semanas, ele ficou fascinado com a “House of One”. O projeto é singular em todo o mundo: judeus, cristãos e muçulmanos querem construir conjuntamente uma casa na praça berlinense Petriplatz, sob cujo teto juntam-se uma sinagoga, uma igreja e uma mesquita – interligadas através de um “Salão de Encontro” central. Há um ano, os iniciadores divulgam mundialmente a House of One, em busca de financiamento através de “crowdfunding”. Entre os inúmeros parceiros do projeto estão o Ministério Federal das Relações Externas e o Ministério Federal do Interior, entre outros. Também deverá ser intensificada a cooperação com a FFEU de Nova York, que também se empenha pelo diálogo das religiões, contra antissemitismo e contra anti-islamismo.

“Por um convívio pacífico”

Em Berlim, a House of One é uma de muitas iniciativas, que se engajam com muito empenho por tolerância e pelo diálogo religioso. Uma delas é também a Salaam-Schalom, que defende, segundo sua autodescrição, “um convívio pacífico e a solidariedade em Neukölln, Berlim e em outras partes”. A motivação para criar a Salaam-Schalom decorreu de um ataque antissemita ao rabino berlinense Daniel Alter no ano de 2012. Partindo do distrito de Neukölln em Berlim, a Salaam-Schalom empenha-se de maneira veemente desde 2013 contra as segregações sociais, com inúmeras ações e projetos, por exemplo, com “workshops” em sinagogas e mesquitas. O coordenador da iniciativa inter-religiosa é Armin Langer, proveniente da Hungria e estudante de Teologia Judaica na Universidade de Potsdam.

Também Ender Çetin, presidente da comunidade na mesquita Şehitlik em Berlim, já cooperou com a Salaam-Schalom. E também participou de uma excursão especial de bicicleta durante a “Berlin Bicycle Week”, em março de 2015: nove representantes religiosos judeus e nove muçulmanos passearam juntos em tandem pela cidade, a fim de manifestar-se contra antissemitismo e anti-islamismo. A ação foi organizada, entre outros, pelo projeto “meet2respect”, que também organiza em Berlim visitas conjuntas a escolas por imames e rabinos, bem como padres e imames. Desta maneira, os alunos de escola já aprendem de maneira concreta, como pode ser o diálogo das religiões.

http://house-of-one.org

© www.deutschland.de