Centenas de milhares de pessoas se manifestam contra a guerra

Na Alemanha, centenas de milhares de pessoas se manifestaram contra a guerra na Ucrânia. As maiores manifestações de paz aconteceram em Berlim e Colônia. 

Friedensdemonstration in Köln
picture alliance/dpa

Berlim (dpa) – Na Alemanha, centenas de milhares de pessoas saíram às ruas contra a guerra na Ucrânia. Depois de um dos maiores comícios dos últimos anos em Berlim no domingo, mais de um quarto de milhão de pessoas se manifestaram pela paz e democracia, em Colônia na segunda-feira. A manifestação pela paz no reduto do carnaval alemão aconteceu em lugar do tradicional desfile da chamada Segunda-feira das Rosas. Em muitas outras cidades alemãs, as pessoas também demonstraram sua solidariedade com a Ucrânia.

Segundo a polícia, o número de participantes na grande manifestação de domingo em Berlim estava na faixa de seis dígitos. Para os organizadores, o número foi de meio milhão de participantes. Uma aliança de sindicatos, igrejas, iniciativas, organizações ambientais e grupos de paz havia convocado a manifestação contra o ataque da Rússia ao país vizinho. Inicialmente, os organizadores haviam esperado 20.000 participantes sob o lema de “Pare a guerra. Paz para a Ucrânia e toda a Europa”.

Na semana passada, no dia em que a guerra começou, os responsáveis pelo desfile carnavalesco tinham decidido realizar uma manifestação de paz em Colônia. O desfile normal da Segunda-feira das Rosas pela cidade já tinha sido cancelado antes, por causa da pandemia do coronavírus. “O povo de Colônia e o carnaval mostraram que todos estão juntos quando isso é necessário”, disse o presidente do Carnaval de Colônia, Christoph Kuckelkorn. “Hoje não se trata de comemorações turbulentas, mas de protestos ruidosos e intensos contra a guerra na Ucrânia”.

Fonte: dpa, tradução: deutschland.de