A saúde tem futuro

A Alemanha precisa de pessoal para o setor da saúde. Apresentamos aqui quatro cursos universitários que fazem de você um profissional muito procurado.

Operação educacional. Estudantes aprendem em transmissões ao vivo.
Operação educacional. Estudantes aprendem em transmissões ao vivo. picture alliance/ZB

1) Medicina

Dado que muitos médicos alemães estarão proximamente aposentados, haverá grande necessidade de jovens médicos. A inscrição para um estudo, não importa em qual universidade, tem de ser feita em www.hochschulstart.de. Para o estudo de Medicina na Alemanha existe o numerus clausus, cuja nota mais frequente é 1,0. Quem tiver uma média de nota mais baixa, poderá melhorar esta fazendo o Medizinertest (Teste em Medicina). Muitas universidades também dão valor às experiências práticas anteriores, como a formação em um setor de saúde. No Estado da Renânia do Norte-Vestfália existem vagas de estudo para aqueles que se comprometerem a trabalhar como médicos de clínica geral em zonas rurais. Para estes futuros médicos há diversas bolsas de estudo e programas de promoção.

Praticando em uma cabeça-modelo. Futuros dentistas durante o estudo.
Praticando em uma cabeça-modelo. Futuros dentistas durante o estudo. dpa-Zentralbild

2) Saúde pública e ciências médicas

Enquanto a medicina tem por objetivo a pessoa como indivíduo, o Public-Health-Studium interdisciplinar visa a saúde de toda a população. Tendo por base a medicina, a psicologia e as ciências sociais, estes cientistas desenvolvem projetos de prevenção e soluções para problemas de saúde generalizados. A previdência é também uma tarefa das Ciências Médicas, cujo estudo oferece formação para peritos em assuntos de alimentação, forma física e gestão de saúde.

3) Health Care Management / Gestão de saúde

O bacharelado em Health Care Management une as bases medicinais com a administração empresarial e com os conhecimentos sobre os setores de saúde. Os gestores de saúde sabem lidar com números e com as base da medicina para fazer cálculos que funcionem.

4) Inteligência artificial (IA)

Robôs na cirurgia ou um paciente digital gêmeo, que serve de cobaia para o tratamento do câncer, mostram que a inteligência artificial está se tornando cada vez mais importante para a medicina. Por isso, muitas universidades oferecem o curso de Informática Médica. Todo engenheiro ou eletrotécnico pode trabalhar no ramo da saúde. O bacharelado em Ciência de Dados na Medicina, na universidade Technische Hochschule de Ulm, ensina a empregar as bases de informática, matemática e estatística para fins medicinais. O bacharelado em Robótica Humanoide, da universidade Beuth Hochschule für Technik de Berlim, ensina o estudante a construir robôs.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany?
Subscribe here: