O centro da média

Hassloch, na Renânia-Palatinado, é o município das maiores médias da Alemanha. Aqui, você fica sabendo porque isso é assim e porque é também tão especial.

O centro de Hassloch
O centro de Hassloch Jonas Raterman - Hassloch

Hassloch é aparentemente um município como muitos outros da Alemanha. Lá vivem 21 000 habitantes de 83 países. E há também todo tipo de escola, 27 associações esportivas e diversos supermercados. Se bem que esse município seja um dos maiores da Alemanha, a vida lá é bem pacata. Ele conseguiu preservar o seu “caráter de aldeia”, diz Marcel Rossmann, porta-voz municipal. Mas também existe algo que diferencia Hassloch dos outros municípios: nos seus supermercados existem produtos que não podem ser comprados em nenhum outro lugar. E os seus próprios aparelhos de televisão mostram anúncios que ninguém conhece no resto da Alemanha.  

Mercado de teste de novos bens de consumo
Mercado de teste de novos bens de consumo picture alliance / dpa

Dado que o município de Hassloch tem um perfil tão médio e já possuía televisão a cabo muito cedo, ele foi escolhido, em1986, pela Sociedade de Pesquisa de Consumo (GfK), para ser a região de testes de bens de consumo. Desde então, as empresas vêm encarregando o instituto de pesquisa de mercado de testar a  comerciabilidade de novos produtos em consumidores verdadeiros e em lojas verdadeiras. O chocolate com grãos de pimenta, o sabonete com cheiro de manga... são realmente novos? Fazer compras em Hassloch é sempre um jogo de adivinhação, mas sem solução, pois a GfK não revela quais produtos estão sendo testados.

Uma parte dos lares de Hassloch possui um cartão chip da GfK, que é escaneado toda vez que se compra alguma coisa. A estrutura etária e a distribuição de rendimentos das pessoas de teste refletem uma microimagem de todos os lares da Alemanha. Os produtos testados, que os habitantes de Hassloch menosprezam, não são colocados pelas firmas no sortimento de vendas. O que tem efeito positivo de aceitação é vendido, depois, em todo o país.

Hassloch tem algo mais que a torna tão especial

Para que os novos produtos estejam em foco, é encenada uma publicidade própria para os participantes do teste. A GfK tem um estúdio de televisão em Hassloch, para que os canais privados transmitam os anúncios. Os produtos testados também são transmitidos pela rádio e são afixados em murais. Até mesmo as impressoras interrompem seu funcionamento normal, para imprimir os anúncios nos jornais regionais e em uma revista de tevê.

Mas existe ainda alguma coisa que faz Hassloch ser especial, além da transparência da média dos seus consumidores? Com certeza, pois nenhuma outra aldeia pode se dar o luxo de ter um parque de diversão com uma montanha russa. Mas Hassloch ainda tem algo mais, que seria a “marcante vida associativa”, diz o porta-voz municipal Rossmann, pois lá existiriam mais de 120 associações e, consequentemente, um número de festas acima da média. Tipicamente alemão?

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: