“Hidden Champions” digitais

Com a Indústria 4.0 surgem novos “Hidden Champions”, líderes mundiais de mercados completamente desconhecidos.

dpa/Thomas Padilla - Robotics

Os global players da Alemanha, como Siemens ou Bosch, são mundialmente conhecidos. Mas também o setor de empresas médias produziu numerosos líderes mundiais de mercado. Através da Indústria 4.0, a interconexão digital da produção industrial, surgiram novos. Três exemplos. 

Software da TeamViewer 

Antigamente, quando o computador dava problema, era preciso chamar um técnico em casa. Hoje é possível acessar à distância um outro micro, notebook, tablet ou smartphone – graças ao software da TeamViewer.  Em especial: a jovem empresa tem a sua sede em Göppingen e não, por exemplo, em Silicon Valley. Mas também na Califórnia, a empresa sediada na cidade próxima aos Alpes Suábios já despertou as atenções. Pois os aplicativos da Indústria 4.0 – como, por exemplo, o acesso a máquinas ou os óculos de realidade virtual – prometem um grande futuro para a empresa que hoje já é líder nesse setor.  

www.teamviewer.com

Impressora 3D da EOS 

No site da EOS, encontram-se muitos exemplos do que se pode produzir com uma impressora 3D: enormes rodas de turbina para aviões, peças miniaturizadas para computador, pontes odontológicas. E sempre surgem outros exemplos: recentemente, joias e saltos de sapato. Os ciclos de produção tornam-se cada vez mais curtos, as encomendas especiais cada vez mais extravagantes e, com isso, cada vez mais variadas as áreas de aplicação das impressoras 3D. A EOS (Electro-Optical Systems), de Krailling perto de Munique, fabricante de impressoras 3D, tira proveito disso e é hoje mundialmente líder de tecnologia e de qualidade para soluções de alta tecnologia na fabricação aditiva – esse o nome técnico do processo. 

www.eos.info

Mãos robóticas da Schunk 

Sem robôs praticamente não se pode mais hoje fabricar um automóvel. Eles soldam, montam e pintam os carros – com alta velocidade e precisão. Para isso contribuem sobretudo as garras, isto é, as mãos robóticas, produzidas pela firma Schunk, da cidade de Lauffen am Neckar. Ela tem mais de 2500 modelos na sua lista de produtos. Recentemente, em 2016, foi apresentado uma nova garra Co-act, que deve garantir uma cooperação segura entre o ser humano e a máquina. A empresa, fundada em 1945 como oficina mecânica, é entrementes líder mundial de competência para sistemas de garras e principal fornecedora de equipamentos para robôs. Da sua clientela fazem parte todas as empresas automobilísticas de renome. 

http://de.schunk.com

© www.deutschland.de