Novas perspectivas

Susanne Dähner, do Instituto Berlinense de População e Desenvolvimento, esclarece porque a vida no campo se torna atraente na Alemanha.

A vida rural também está se tornando mais atrativa para as famílias jovens.
A vida rural também está se tornando mais atrativa para as famílias jovens. Kzenon - stock.adobe.com

Sra. Dähner, no seu estudo “Digital no Campo”, a senhora mostra como a vida rural está se tornando mais atraente e atraindo pessoas da cidade. Que chances são vistas na vida rural?
Depois que muitas pessoas, especialmente os mais jovens, mudaram-se das regiões rurais para as cidades da Alemanha nos últimos anos, há agora sinais de uma inversão de tendência. As cidades não só se tornaram mais lotadas, mas também mais caras. Aqueles que querem constituir uma família, por exemplo, podem encontrar um espaço de vida mais barato no campo. A digitalização também está ajudando as pessoas a se moverem: a pandemia do coronavírus deu um impulso ao trabalho de escritório em casa e afrouxou a cultura anteriormente muito forte de presença em empresas na Alemanha. Naturalmente, uma boa conexão com a internet é decisiva para isso, também no campo.

O gosto pelo campo pode se tornar uma tendência de longo prazo?
Em todo caso, vemos que a vida no campo é valorizada basicamente de uma forma diferente. Alguns anos atrás, isto era considerado antiquado e conservador por muitos, mas hoje é o novo lugar ideal para alguns. Especialmente aqueles que estão buscando possibilidades criativas, podem encontrar liberdade e espaço no campo, por exemplo, em espaços de trabalho conjunto ou em projetos de vida comunitária.

Susanne Dähner: “Ideias da comunidade rural”.
Susanne Dähner: “Ideias da comunidade rural”. Berlin-Institut

Em seu estudo, a senhora examinou inúmeros projetos específicos. Poderia dar alguns exemplos?
Analisamos novos locais de trabalho apoiados digitalmente, “start-ups”, lugares criativos e projetos de moradia comunitária. Achamos particularmente interessante que muitos projetos não foram iniciados por moradores da cidade que se mudaram para a área, mas vieram diretamente da comunidade do vilarejo. Em Schleswig-Holstein, por exemplo, uma família expandiu a sua fazenda. Além da agricultura tradicional, há também uma cozinha comunitária e de eventos, uma oficina de ferreiro, um jardim de infância rural e, desde 2020, um espaço para trabalho conjunto. O projeto “heimatBEWEGEN” em Ballenstedt, na Saxônia-Anhalt, enriquece a vida das pequenas cidades com festivais de arte e cultura, oficinas de teatro para crianças ou ideias para novos programas de educação digital em contêineres. Os iniciadores do projeto vêm de Ballenstedt e retornaram à sua cidade natal. O exemplo também é bonito porque combina ideias da cidade e da comunidade do povoado. Estes são bons pré-requisitos para tornar a vida rural sustentável e atraente.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: