Cidades verdes e saudáveis

Que soluções as cidades oferecem às questões ambientais globais? Respostas do especialista em sustentabilidade Sebastian Backhaus.

Sebastian Backhaus molda a cidade de Freiburg de forma sustentável.
Sebastian Backhaus molda a cidade de Freiburg de forma sustentável. Sebastian Doerken

Desde o final de 2020, Sebastian Backhaus é chefe da Unidade de Gestão de Sustentabilidade da cidade de Freiburg. No entanto, ele se ocupa há muito mais tempo com o tema da sustentabilidade. Durante dez anos, trabalhou como consultor de comunicação para questões da sustentabilidade em Berlim. Ele nos explica como deve ser uma cidade verde.

Sr. Backhaus, por onde deve começar um conceito de planejamento urbano sustentável?
O planejamento urbano verde começa com a estrutura urbana e a distribuição de áreas construídas e espaços verdes. Por exemplo, devem ser planejados espaços verdes e abertos suficientes e utilizáveis, edifícios e praças adaptadas ao clima. Além disso, os planejadores urbanos devem fomentar o transporte público e o planejamento de vias para pedestres e ciclovias.

Uma abordagem que tem sido muito discutida recentemente é o uso múltiplo de espaços. O foco aqui é a chamada “infraestrutura cinza”, ou seja, ruas, praças, estacionamentos e edifícios, que devem ser tornados mais verdes.

De maneira geral, precisamos tornar as cidades mais verdes.

Sebastian Backhaus

Como as cidades podem enfrentar os desafios da mudança climática?
É importante manter livres os chamados corredores de ventilação no planejamento urbano, a fim de neutralizar o crescente estresse térmico causado pelas consequências da mudança climática. Também precisamos tornar as cidades mais verdes, de maneira geral – transformando mais espaços abertos em áreas verdes, protegendo mais praças e ruas do calor, através da sombra de árvores, e fomentando a plantação em telhados e fachadas. A “infraestrutura azul” também deve desempenhar um papel importante. Rios não canalizados nas cidades podem reduzir ainda mais o estresse térmico.

Qual é o papel das cidades na proteção da biodiversidade?
Um papel muito importante, já que muitas espécies e habitats raros em perigo de extinção são encontrados nas cidades ou em seus arredores e, ao mesmo tempo, o crescimento populacional continua em muitas cidades. A fim de proteger a biodiversidade, as áreas com alta riqueza de espécies devem ser vedadas às construções.

Que conceitos existem na Alemanha para promover a biodiversidade nas cidades?
Em Freiburg, por exemplo, existe o controle da biodiversidade. A cidade examina sistematicamente toda a sua área residencial com relação à biodiversidade urbana local. Esta verificação da biodiversidade desenvolve recomendações de planejamento para várias áreas, tais como melhor manutenção do espaço verde ou medidas ecológicas nos edifícios.

Além disso, os municípios cultivam prados de flores silvestres ricos em espécies, plantam arbustos nativos, renunciam a pesticidas, e fomentam assim mais biodiversidade em áreas públicas.

Na sua opinião, como é a cidade ideal?
Resiliente, sem barreiras, próxima à natureza, social, engajada, cultural, diversificada, inócua ao meio ambiente, justa, neutra em relação ao clima, colorida, saudável, aberta, inclusiva, criativa, digital, empática, comunicativa, segura, flexível, cooperativa, tolerante, familiar, diversa, integradora, pacífica, esportiva e inovadora. A lista é basicamente infinita.

Por  enquanto, a cidade ideal permanecerá provavelmente uma utopia, em especial a partir de uma perspectiva global. Mas a todos nós cabe trabalhar para chegar lá – com entusiasmo e, frente a toda a resistência, às vezes de forma impassível.

 


Sebastian Backhaus é chefe da Unidade de Gestão da Sustentabilidade na cidade de Freiburg, uma das cidades ecologicamente mais corretas da Europa. A cidade no sudoeste da Alemanha tem uma agenda verde que remonta à década de 1970.  As respostas às perguntas foram fornecidas em cooperação com Markus Liesen (chefe de departamento, Secretaria de Planejamento Urbano) e Harald Schaich (diretor adjunto / chefe do departamento 2 – Preservação da Natureza) de Freiburg.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: