Viver conscientemente

Qual é a importância da sustentabilidade para os alemães? Respostas ao consumo, à renúncia e ao maior desafio internacional.

A estreita ligação com a natureza é importante para muitos alemães.
A estreita ligação com a natureza é importante para muitos alemães. picture alliance/dpa/dpa-Zentralbild

O que é mais importante para os alemães quanto à sustentabilidade?

Uma pesquisa realizada pela Universidade Internacional de Ciências Aplicadas IUBH em 2020 examinou o comportamento pessoal dos alemães com relação à sustentabilidade e constatou um alto nível de concordância com uma mudança no estilo de vida: 75,5% dos pesquisados veem a neutralidade climática como o mais importante desafio enfrentado pela humanidade nos próximos anos. Uma clara maioria está preparada para restrições concretas em cada caso, seja reduzindo as viagens aéreas (64,9%), reduzindo as viagens de carro (64,2%) ou prescindindo de alimentos que requerem muita água no cultivo ou que têm que ser importados de longas distâncias (56,9%).

Onde os alemães gastam dinheiro com a sustentabilidade?

De acordo com o estudo da IUBH, especialmente nos alimentos os alemães prestam atenção às indicações de sustentabilidade, como os selos de garantia orgânica ou de comércio justo: para 69,8% deles, isto é importante. Ao comprar roupas (57,8%) ou outros produtos, como móveis (55,3%), mais da metade dos pesquisados também dão importância a tais informações, ou seja, bem menos que no caso dos alimentos.

Como é possível uma maior sustentabilidade?

Já em 2019, a agência de mídia GroupM constatou que, para metade dos alemães, o preço mais alto é um grande obstáculo para o consumo sustentável. A falta de disponibilidade de tais produtos foi citada por 46% dos entrevistados como um obstáculo, 43% criticaram a rotulagem ambígua – e em particular os consumidores mais jovens, entre 16 e 29 anos, gostariam de ser mais bem informados sobre a sustentabilidade.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: