Por uma melhor criação de animais

Para muitos alemães, a alimentação saudável e a proteção dos animais estão interligadas. Por isso existem novos princípios na criação de animais domésticos. 

Criação de bovinos numa fazenda orgânica
Criação de bovinos numa fazenda orgânica dpa

Cada vez mais alemães desejam que os animais domésticos tenham uma vida melhor e que não sofram quando forem abatidos. Eles se interessam pela origem dos animais, cuja carne eles comem. De acordo com o Relatório de Alimentação de 2018, 79 % da população alemã são favoráveis à planejada marcação dos alimentos produzidos através de criação condizente com o bem-estar dos animais e estariam dispostos a pagar um preço mais alto por isso. 

Uma etiqueta pelo bem dos animais 

O Ministério Federal de Alimentação e Agricultura (BMEL) pretende futuramente informar os consumidores sobre as condições de criação, a saúde dos animais e a duração do seu transporte, através de uma etiqueta estatal de bem-estar animal. Os criadores podem melhorar as condições de vida dos seus animais, por exemplo, através de liberdade de movimento, de criação em estábulos abertos, forro de palha no solo ou possibilidade de ocupação. Porém, a participação na etiqueta de bem-estar animal é voluntária para os criadores. 

Os criadores de porco, galinha ou peru já podem agora participar da Iniciativa pelo Bem-Estar dos Animais (ITW), que foi fundada pelas federações de agricultura e de pecuária, juntamente com o comércio varejista de alimentos. Os críticos advertem, porém, que os critérios da iniciativa vão muito pouco além dos padrões mínimos legais e que só melhoram muito pouco a criação dos animais. 

Alternativas para o sacrifício dos pintinhos 

Todos os anos, mais de 45 milhões de pintinhos são mortos pouco depois de sair do ovo. Trata-se nesse caso da “irmandade” masculina das galinhas poedeiras. As iniciativas chamadas “Bruderhahn” (“irmão galo”) oferecem uma alternativa. Elas investem na criação dos frangos, cuja carne é aproveitada. Uma outra possibilidade é a criação das raças que podem fornecer tanto ovos como carne, mesmo que a produtividade seja menor. 

Métodos inovadores de constatação de gênero nos ovos são fomentados pelo Estado. Com isso deverá ser impedido futuramente que sejam chocados os ovos com pintinhos machos. 

Iniciativa pelas vacas com chifre 

Na Alemanha, os bezerros têm normalmente seus chifres extraídos poucas semanas depois do nascimento. Algumas fazendas orgânicas mostram, contudo, que é possível evitar isso. Elas criam animais, cujos chifres são propositadamente preservados. Em contrapartida, os criadores necessitam de mais tempo, maior atenção e mais espaço para os animais. 

BMEL: Mais Informações sobre a criação de animais domésticos na Alemanha

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here to: