“Não desvie os olhos”

A corrupção existe em todas as partes do mundo. Aqui você fica sabendo o que resulta do abuso de poder em proveito próprio e como ele pode ser combatido.

Corrupção é abuso de poder – aqui uma médica é subornada.
Corrupção é abuso de poder – aqui uma médica é subornada. picture alliance / dpa-tmn

A política alemã está comprometida com os valores estabelecidos na Lei Fundamental. A Alemanha representa estes valores também internacionalmente: Isto também se aplica à luta contra a corrupção. Vários ministérios apoiam a organização não-governamental Transparência Internacional na sua luta contra a corrupção. O escritório nacional da Transparência Internacional é financeiramente autônomo e não recebe dinheiro do governo alemão.

Aqui a advogada Sylvia Schenk, membro e ex-presidente da Transparência Internacional da Alemanha, fala sobre os perigos da corrupção. A corrupção impede uma luta eficaz contra a pobreza.

Todos os anos a Transparência Internacional publica o Índice de Percepções de Corrupção, que classifica 180 países.
Todos os anos a Transparência Internacional publica o Índice de Percepções
de Corrupção, que classifica 180 países.
picture alliance/dpa

O que é a corrupção?

A corrupção é o abuso do poder outorgado em benefício próprio – às custas dos mais pobres e mais vulneráveis:
 

  • O auditor recebe dinheiro e, em troca, “não percebe” as deficiências de segurança na fábrica.
  • Após o terremoto, o funcionário aduaneiro só permite a entrada de equipamentos de resgate no país contra pagamento extra.
  • Os pais têm de subornar o médico para que seu filho ferido seja tratado.
  • O presidente do clube de futebol exige sexo das jogadoras, para que permaneçam no time.
  • Um transporte de lixo armazena resíduos tóxicos ilegalmente em algum lugar, pagando um suborno.
  • Uma empresa suborna funcionários públicos para conseguir contratos com o governo.


Por que a corrupção é prejudicial e criminosa?
 

  • A fábrica desmorona, há mortos e feridos.
  • Atrasa o resgate das vítimas do terremoto.
  • O dinheiro do suborno faz falta para alimentar a família.
  • As jogadoras de futebol são abusadas sexualmente.
  • O lixo tóxico contamina a água potável.
  • A corrupção é exportada, o Estado de direito é debilitado.


Onde a lei e a ordem não se aplicam, as pessoas vivem perigosamente, na dependência e na pobreza. Mas os investimentos também são arriscados, a economia fica paralisada, o meio ambiente é danificado, o país é saqueado.

Tolerância zero contra violações de regras.

Sylvia Schenk

Como se combate a corrupção?

Com transparência e tolerância zero contra as violações das regras. Os infratores não devem ficar impunes.
 

  • As empresas devem garantir o cumprimento, ou seja, a adesão às regras, no país e em suas cadeias de fornecimento. A justiça, a mídia e a sociedade civil devem garantir a implementação desse princípio.
  • É importante proteger os jornalistas e os informantes em todo o mundo.
  • O uso de fundos estatais deve ser divulgado e controlado e deve estar ligado ao cumprimento de critérios de governança.
  • Vale para todos: rejeitar, denunciar ou – em um ambiente de alto risco – denunciar anonimamente o suborno e buscar ajuda.
  • Mas acima de tudo: não proteger os infratores, desviando o olhar e mantendo-se em silêncio.


Sobretudo: não desviar o olhar e manter o silêncio, não proteger os infratores.

Sylvia Schenk
Sylvia Schenk

 


Sylvia Schenk, advogada que trabalha contra a corrupção e chefe do grupo de trabalho esportivo da Transparência Internacional da Alemanha, participante das Olimpíadas de 1972

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: