O que é política externa cibernética?

A internet não conhece fronteiras. Estes são os pontos centrais da política externa alemã na era digital.

A internet modificou (quase) tudo.
A internet modificou (quase) tudo. sdecoret/stock.adobe.com

Uma coisa é certa: não se pode mais prescindir da Internet. Mas os direitos, as leis e as normas que resultam dela ainda não estão bem definidos. A Alemanha assumiu a tarefa de contribuir para tanto. A coordenação está a cargo de Thomas Fitschen, encarregado do Ministério Federal das Relações Externas para as Nações Unidas, a política externa em cibernética e o combate ao terrorismo.

A digitalização oferece inúmeras chances de progresso, mas é também perigosa. Por isso, o Ministério Federal das Relações Externas tem três pontos centrais na sua agenda digital:
 

  • Segurança do espaço cibernético
  • Direitos humanos universais
  • Chances econômicas
     

Estratégia de segurança

Os ataques de hackers a servidores podem causar efeitos catastróficos, se os processos de produção ou os mercados financeiros forem sabotados. Dados sensíveis e siglas são objetos muito valiosos para os hackers. Por isso, o governo alemão coopera com a ONU, a OSCE, o Conselho Europeu, a OCDE e a OTAN para combater os ataques cibernéticos também fora da Alemanha.

“Direito internacional da rede”

Todas as pessoas também têm seus direitos no espaço digital. Em 2013 e 2014, a conferência geral da ONU aprovou as resoluções sobre o direito à privacidade na era digital, as quais tiveram a sua origem em iniciativas teuto-brasileiras. Em 2018, a Alemanha assumiu a presidência da Freedom Online Coalition.

Chances econômicas

Evidentemente, a Alemanha quer explorar os desenvolvimentos positivos da digitalização para a economia, a pesquisa e a administração. Para que os países emergentes e em desenvolvimento também sejam beneficiados, o Ministério Federal da Cooperação e do Desenvolvimento investiu, até 2017, – no âmbito da “Digital Africa Initiative” – cerca de 100 milhões de euros em projetos digitais, sobretudo na educação digital.

© www.deutschland.de

Newsletter #UpdateGermany: You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here to: